Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Aloândia -

Sinomar é denunciado pelo MP

Sinomar é denunciado pelo MP

Cristina Rosa, ASSCOM/MP
O Ministério Público de Goiás ofereceu terça-feira (5) a primeira denúncia específica contra prefeito envolvido na Operação Tarja Preta. O prefeito de Aloândia, Sinomar José do Carmo (foto), foi denunciado por corrupção passiva, pelo crime de responsabilidade, por dispensar ou inexigir licitação indevidamente e por fraudar a competitividade em licitações.

Também foram denunci-ados o secretário de Saúde do município, Renato Batista da Silva, e oito representantes das empresas J. Médica, Pró Hospitalar Ideal Hospitalar e Única Dental Vendas de Produtos Odontológicos e Hospitalares. São eles: Edilberto César Borges, Jaciara Garcia Borges, Edilberto César Borges Júnior, Mariana Borges Garcia Reis, Milton Machado maia, Vanderlei José Barbosa, Domingos Amorim da Silva e Walter Lúcio Xavier.

No âmbito da operação, que desmontou um esquema de venda fraudada e superfaturada de medicamentos e equipamentos hospitalares e odontológicos para prefeituras, inicialmente foi oferecida denúncia por formação de organização criminosa contra 59 pessoas, entre os quais 15 prefeitos, um ex-prefeito, 17 secretários municipais, empresários e advogados de seis empresas de material hospitalar. Tendo em vista a complexidade do caso e o vasto número de crimes praticados, o MP-GO optou por desmembrar a denúncia. Assim, agora inicia-se o oferecimento de novas denúncias contra os crimes específicos cometidos em cada município. Leia mais em www.goiasinterior.com.br.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior