Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiânia -

Goiás está pra Peixe

Goiás está pra Peixe


O  ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella, esteve em Itauçu na terça-feira, 13, para firmar convênios para o incentivo da produção de peixes em Goiás.  O governador Marconi Perillo não pôde comparecer, mas se fez representar pelo secretário de Planejamento e Gestão, Giuseppe Vecci.  A solenidade, realizada  na porta da prefeitura, foi prestigiada por mais de 40  prefeitos. Também estavam presentes  vereadores de vários municípios, deputados e o senador Wilder Morais, além de piscicultores de vários municípios.  

Com  investimentos  de 15 milhões de reais garantidos pelo Ministério da Pesca,  O ministro  anunciou a construção de uma fábrica de ração para  peixe,  que deve atender  todo o Estado,   e  uma fábrica de   calçados, bolsas e outros artigos  de couro de pescados.  

O Projeto Jovem Empreendedor Aquicultor, lançado em Itauçu pelo secretário-executivo do Ministério da Pesca, brigadeiro Átila Maia, em  janeiro, também foi contemplado.  Será ministrado curso de capacitação para 120 jovens.  Ao final, cada participante terá acesso a R$ 15 mil em financiamento subsidiado para abrir ou manter a sua produção de peixes.    


Senador Wilder apoia  incentivo à piscicultura


O senador goiano Wilder Morais, que tem se empenhado na viabilização da piscicultura em Goiás e no Brasil,  no uso da palavra durante, citou que “a solenidade representava uma multiplicação de peixes, e que foi pela multiplicação de esforços dos governos federal, estadual e municipal,” no sentido de fomentar a atividade de pescados em Goiás, “que a assinatura de convênios aconteceu.”

Wilder disse que o evento representava “o início da profissionalização da aquicultura no Estado,” e que isso “resultará em mais empregos, e estes em mais renda familiar, que por sua vez,  gerarão qualidade de vida, o que significará bem-estar social.”
 Segundo o ministro Marcelo Crivella, Goiás, que é rico em água,  agora vai aumentar as quase 19 toneladas de peixe que produz anualmente para cerca de 200 toneladas.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior