Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiatuba -

Campanha contra Tuberculose

Campanha contra Tuberculose

A Secretaria Municipal de Saúde desenvolveu esta semana um grande campanha para alertar dos perigos e males causados pela Tuberculose, doença respiratória que ainda mata milhares de pessoas todos os anos. A estratégia da campanha deste ano foi mostrar para as pessoas que elas não podem combater essa doença apenas contando com sorte, mas sim, com atitude.
O Núcleo de Controle Epidemiológico da Secretaria de Saúde ressalta que a pessoa que está sentindo algum dos sintomas da Tuberculose ou alguém que conheça uma pessoa que apresenta esses sintomas precisa procurar rapidamente uma das unidades dos Postos de Atendimentos (PSFs). Os profissionais informam que a Tuberculose é um doença infecto-contagiosa causada por uma bactéria que afeta principalmente os pulmões, mas também pode ocorrer em outros órgãos do corpo, como ossos, rins e meninges (membranas que envolvem o cérebro).
Alguns pacientes não exibem nenhum indício da tuberculose, outros apresentam sintomas aparentemente simples que são ignorados durante alguns meses (ou anos). Contudo, na maioria dos infectados com tuberculose, os sinais e sintomas mais frequentemente descritos são: tosse seca contínua no início, depois com presença de secreção por mais de quatro semanas, transformando-se, na maioria das vezes, em uma tosse com pus ou sangue, cansaço excessivo, febre baixa geralmente à tarde, sudorese noturna, falta de apetite, palidez, emagrecimento acentuado, rouquidão, fraqueza e prostração.
Todavia, apesar de ser uma doença grave, a Tuberculose tem cura. O tratamento da tuberculose à base de antibióticos é 100% eficaz, no entanto, não pode haver abandono. A cura da tuberculose leva seis meses, mas muitas vezes o paciente não recebe o devido esclarecimento e acaba desistindo antes do tempo. Para evitar o abandono do tratamento da tuberculose é importante que o paciente seja acompanhado por equipes com médicos, enfermeiros, assistentes sociais e visi-tadores devidamente pre-parados.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior