Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiatuba -

Educação terá investimentos da ordem de R$ 3 milhões em 2015

Apesar dos transtornos que deverão acontecer nos primeiros dias letivos deste ano, provocados pela mudança nas duas principais redes de ensino em Goiatuba, onde os alunos do 6º ao 9º foram transferidos da Rede Municipal de Ensino para a Rede Estadual de Ensino (cerca de 1.200 alunos foram realocados), o ano promete ser melhor do que o anterior.

Essa projeção é do Departamento Pedagógico da Secretaria Municipal de Educação que revelou uma série de investimentos que já começaram a ser feitos e que deverá se estender por todo o ano na estruturação das escolas, conclusão de obras paralisadas e também a construção de mais unidades de atendimento.

Dentro desta série de investimentos pode ser destacada a quadra poliesportiva da Escola Vanise de Oliveira Salatiel. A obra ficou paralisada por cerca de 2 anos graças a irregularidades detectadas na execução do projeto. O contrato foi cancelado e novo processo licitatório precisou ser feito e uma nova construtora foi contratada para concluir a obra. Para sua conclusão, a estrutura metálica será substituída por estar na bitola diferente da prevista. A quadra terá arquibancada e palco para apresentações de médio porte. O investimento para sua conclusão será de R$ 426 mil e será bancado com recursos do FNDE e contrapartida da Prefeitura Municipal.

Na mesma linha de conclusão de obras inacaba-das, o Centro Municipal de Educação Infantil (CEMEI), do Setor Recreio dos Bandeirantes que também está paralisado a 2 anos será concluído. O projeto inicial que continha algumas inconsistências foi refeito e o processo licitatório para contratação da nova cons-trutora será concluído ainda este mês. O projeto já foi aprovado pelo Ministério da Educação. O investimento será de R$ 1,215 milhão, sendo R$ 1,04 milhão do FNDE e R$ 175 mil da Prefeitura Municipal.

CEMEI da Vilão Mutirão será realidade

Antiga reivindicação dos moradores dos setores Vila Mutirão, Esplanada, Casego e Oeste, o Centro Municipal de Educação Infantil da região sairá do papel em 2015. A obra será edificada na área onde funcionava o antigo Abrigo dos Idosos e irá atender 120 crianças em período integral.

Esta obra será executada pelo Ministério da Educação com recursos do FNDE e terá um investimento superior a R$ 1,4 milhão. As novas obras com recursos do MEC estão sendo contratadas diretamente por ele para evitar que empresas sem capacidade financeira e profissional ganhe as licitações e não façam as obras, como ocorreu com a quadra na Escola Vanise Salatiel e no CEMEI do Recreio dos Bandeirantes.

Segundo o Departamento Pedagógico da Secretaria Municipal de Educação, este novo CEMEI já está na fase de contratação e será inaugurado até janeiro de 2016. Com a inauguração destas duas novas unidades, a SEMEC espera reduzir de forma substancial o déficit de vagas da Educação Infantil, criado pela falta de investimentos nos últimos 15 anos, onde apenas uma unidade foi construída, no Setor Maranata.

Escolas terão quadras cobertas

O serviço de construção da estrutura para cobertura das quadras poliesportivas das escolas Nara de Oliveira Borges (Setor Esplanada II) e Noêmia de Castilho (Setor Bananeiras) está em pleno andamento e vai atender uma reivindicação de mais de uma década de professores e alunos destas unidades.

Para cobrir as quadras das duas unidades serão investidos mais de R$ 400 mil com recursos do FNDE. Este investimento irá trazer um conforto aos alunos destas unidade que atualmente precisam praticar suas atividades físicas e pedagógicas (práticas) sob forte sol e calor ou são prejudicados pelas chuvas.

As duas quadras destas unidades deverão ser inauguradas no máximo até maio, segundo informou a SEMEC. Uma terceira unidade de pequeno porte também deverá ser coberta ainda este ano. Para isto, a SEMEC aguarda a retirada da estrutura da quadra da Escola Vanise Salatiel e sua avaliação para ser reaproveitada, já que será em estrutura muito menor. Se a avalição for positiva, outra unidade ganhará este benefício.

Nova escola – A Secretaria Municipal de Educação também revelou que deve construir uma nova unidade escolar para atender os alunos até o 5º Ano, no Setor Recreio dos Bandeirantes. O projeto está na fase de aprovação e inicialmente deve atender 6 turmas. Esta escola é uma reivindicação dos pais que têm crianças, já que o setor foi um dos que mais cresceu nos últimos anos e não possui unidade escolar, sendo a mais próxima, no Setor Imperial.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior