Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiatuba -

FAFICH será transformada em Centro Universitário

FAFICH será transformada em Centro Universitário

O mês de abril foi marcado para a comunidade acadêmica como um dos mais importantes, principalmente para alunos, professores e servidores que compõem a Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas de Goiatuba, a FAFICH. É que foi concluída a elaboração do Projeto de Lei que transformará a instituição em Centro Universitário, passo obrigatório para dar continuidade ao processo de desenvolvimento e cresci-mento, consequentemente, no futuro, tornar a FAFICH em universidade.

Este caminho já foi percorrido por outras instituições que foram criadas com o mesmo perfil da FAFICH e atualmente elas já colhem os frutos da ousadia. Exemplo, a FESURV de Rio Verde, que já se tornou na Universidade de Rio Verde, com dezenas de cursos superiores e tecnólogos, inclusive o curso de medicina.

A FESG, mantenedora da FAFICH, acredita que a transformação da instituição em Centro Universitário será fundamental para manter seu plano de expansão e permitirá a criação de novos cursos que vão revolucionar a cidade de Goiatuba e o ensino superior em toda região Sul. A transformação da FAFICH em Centro Universitário e posteriormente em universidade, faz parte de um plano audacioso que é transformar o município em um polo educacional, em especial no ensino profissionalizante, tecnólogo e superior, em virtude de sua posição geográfica estratégica.

O Projeto de Lei com esse objetivo foi elaborado após vários encontros entre os membros da comunidade acadêmica, envolvendo os departamentos da FAFICH e da FESG, observando a legislação educacional e o PDI – Plano de Desenvolvimento Institucional, onde estão presentes todos os objetivos da instituição, conforme seu planejamento estratégico.

A entrega do Projeto de Lei a direção pedagógica da FAFICH aconteceu há poucos dias e foi feita pelo presidente da FESG, Dr. Sílvio Arantes, em uma solenidade na sala da direção, onde o documento foi entregue ao diretor pedagógico, prof. Cristóvão José Arantes e contou com a presença de professores e servidores.

Com o Projeto de Lei que transformará a FAFICH em Centro Universitário em mãos, o prof. Cristóvão e sua equipe se dirigiram para uma audiência na Câmara Municipal, onde foram recebidos pela maioria dos vereadores. Na oportunidade, o documento foi protocolado e já está sendo analisado pelos edis e deverá ser aprovado nas próximas sessões legislativas. O documento foi entregue ao vice-presidente da Câmara, vereador Cleffer Lucas.

Dr. Sílvio ressaltou que a transformação da FAFICH em Centro Universitário será a redenção da instituição e garantirá a ela maior capacidade de crescimento, já que terá maior autonomia e sofrerá menos com eventos externos e alheios ao mundo acadêmico. O presidente da FESG conta ainda que esta é uma exigência do Conselho Estadual de Educação. E caso a instituição não cumpra, corre o risco de ter seu futuro comprometido e ver cair por terra tudo que conquistou até hoje.

Para Dr. Sílvio Arantes, com a elaboração e entrega do Projeto de Lei à Câmara de Vereadores, a FESG e o Governo Municipal estão criando todas as condições para que a FAFICH continue crescendo, desenvolvendo e contribuindo para a formação das pessoas e o desenvolvimento de toda região.

CEE avalia se FAFICH para criar curso de Engenharia

Nesta terça-feira (6), uma comissão de membros do Conselho Estadual de Educação visita as instalações da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas de Goiatuba (FAFICH), para avaliar se a instituição está apta a receber mais um curso superior. O curso pleiteado pela FAFICH desta vez é o de Engenharia Civil.

Os conselheiros estão sendo aguardado pela comunidade acadêmica da FAFICH com grande expectativa. A presidência da FESG autorizou que a FAFICH ofereça todas as condições para que os conselheiros tenham acesso a toda infraestrutura da instituição, como seus laboratórios, biblioteca e que forneça todas as informações e documentos inerentes as duas (FESG e FAFICH), colaborando plenamente com o trabalho dos conselheiros.

Tanto a presidência da FESG, como a direção da FAFICH estão confiantes que o Conselho Estadual de Educação aprovará a criação do novo curso e planejam realizar um vestibular para criar a primeira turma de Engenharia Civil já no início do próximo semestre, no retorno das aulas, logo após a Copa do Mundo.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior