Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiatuba -

Goiatuba começa vacinação contra o sarampo

Goiatuba abriu nesta segunda-feira, 1, mais uma etapa de vacinação contra o sarampo. A estratégia do Ministério da Saúde é interromper a circulação do vírus do sarampo e proteger os grupos mais acometidos pela doença no País. Nesta 4a etapa da ação, ocorrerá de forma indiscriminada para pessoas de 20 a 49 anos.

Devido a pandemia provocada pelo novo Coronavírus, houve a suspensão temporária por determinação do Ministério da Saúde a fim de evitar a aglomeração nas unidades de saúde no período da 1o fase da campanha de influenza (23/03 a 15/04/2020), com retorno às ações de vacinação de rotina e da campanha contra Sarampo.

Objetivo da campanha é vacinar indiscriminadamente a população de 20 a 49 anos de idade, independente da situação vacinal encontrada, visando interromper a circulação do vírus. Em todo o Estado há uma estimativa de 2.994.274 de pessoas na faixa etária de 20 a 49 anos de idade e em Goiatuba cerca de 15.000 pessoas.

Para evitar aglomeração, a Prefeitura Municipal através da Secretaria de Saúde definiu que a vacinação será na Feira Coberta de segunda-feira a sexta-feira, sempre de 8h às 16, concomitantemente à Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe Influenza H1N1.
Nesta ação será o Ministério da Saúde disponibilizou a vacina Tríplice Viral (sarampo, caxumba e rubéola). Ela é contra indicada para gestantes.

O sarampo é altamente transmissível, podendo cursar com sérias complicações e evoluir para óbito. A transmissão pode ocorrer por dispersão de gotículas com partículas virais no ar, principalmente em ambientes fechados como creches, escolas, clínicas e meios de transporte, incluindo aviões. O vírus pode ser transmitido 6 dias antes e 4 dias após a erupção cutânea. Os sintomas do sarampo são febre alta, exantema máculo-papular generalizado, tosse, coriza, conjuntivite e manchas brancas que aparecem na mucosa bucal, antecedendo ao exantema.

Dados epidemiológicos:

No Brasil, no período de 22/09/2019 a 14/12/2019 (SE 39-50), foram notificados 2.710 casos foram confirmados. Foram confirmados 15 óbitos por sarampo no Brasil, 14 no estado de São Paulo e um no estado de Pernambuco. Seis óbitos ocorreram em menores de 1 ano de idade, 1 criança de 1 ano de idade e 8 apresentavam alguma condição de risco/comorbidade. Em 2020 foram notificados 2.184 casos suspeitos do sarampo, destes 338 foram confirmados. Até o momento, foram confirmados 3 óbitos (RJ, SP e PA), todos em crianças menores de 2 anos de idade e não vacinadas.

No ano de 2019, no estado de Goiás foram notificados 202 casos suspeitos de sarampo em 51 municípios, destes 174 foram descartados, 14 confirmados e 14 segue em investigação. Este ano, até o dia 18/03/2020, já foram notificados 17 casos suspeitos, destes 03 casos foram confirmados e 8 descartados e 4 seguem em investigação. Goiatuba não registrou nenhum caso.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior