Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiatuba -

Goiatuba pode ter até 8 candidatos a prefeito

Pela primeira vez em 85 anos de história Goiatuba deve ter mais de 4 candidatos postulantes ao cargo de prefeito do município, conforme desenhando até o fechamento desta edição, às 23h desta quinta-feira.

Até o fechamento da edição, a editoria de política do Goiás Interior já tinha recebido a informação de que pelo menos 8 candidaturas estavam sendo formadas durante as convenções que aconteceram ao longo da semana e que podem ser concretizadas ao término das demais que vão ser realizadas ainda hoje, além das coligações que podem ser feitas, graças as redações da Atas Partidárias.

A editoria de política conseguiu apurar que apenas a candidatura de Márcia Cândido a prefeita e Leandro Vieira Marques como vice, pela coligação liderada pelo PSDB; e, a coligação liderada pelo empresário Pedro da Tricolor (PTN) e o vereador Antonialy Ferreira (PROS), estavam com os nomes definidos, isto há menos de 24 horas do encerramento do prazo para realização das convenções.

O vice-prefeito Elioenay Magalhães (DEM) está compondo uma aliança com o PSB, partido que deve indicar o diretor da Usina Bom Sucesso Oswaldo Maronezi (PSB), como vice em sua chapa, mais a definição só deverá acontecer no final desta sexta-feira, já que alguns vereadores pretendem coligar com a candidata tucana, Márcia Cândido. Maronezi é filho do secretário estadual de Desenvolvimento (SED) Luiz Maronezi e casado com uma goiatubense.

Já o vereador Arnaldo Salatiel anunciou sua candidatura em uma chapa formada com o empresário Amilton Silvério, o Amilton da Atual Tecidos, pelo PPS. A pretensão da dupla deve ser oficializada até a tarde de hoje.

O empresário Ailton Américo deve formar chapa com Adebranir, para concorrer aos cargos de prefeito e vice-prefeito, respectivamente, pelo Partido dos Trabalhadores, numa propositura independente sem aliados. Paulo Chaves também está confirmando que participará da disputa pelo PRB e terá ao seu lado como candidato a vice Alan Vieira dos Santos.

A chapa que já esteve pronta e pode estar sendo desfeita e recriada é encabeçada pelo engenheiro Amilson Lourenço (PTB) como candidato a prefeito e André Luiz (PMDB) como vice. Mas notícias dos bastidores do grupo dão conta de que André Luiz desistira de ser candidato na tarde de ontem, abrindo a possiblidade para a ascensão do empresário Lázaro Santo (PMDB) ou até mesmo, o grupo de se unir a outra coligação.

Por fim, o ex-presidente da Câmara de Vereadores e empresário Ailton Caetano (PTC), que lançou seu nome na última quarta-feira (3), realizou sua convenção na noite de ontem, no espaço de eventos do Hotel Baeza, onde Ailton Caetano saiu indicado a prefeito e o ex-vereador e empresário Venilton Rezende (PDT), indicado como candidato a vice.

Apesar de todas as articulações e “definições”, a certeza quanto como ficará cada uma das coligações e se teremos mesmo este número gigantesco de candidatos, só deverá ser conhecida na próxima semana ou até mesmo no dia 15 de agosto, prazo final para o registro das candidaturas. A única certeza que tínhamos até o fechamento desta edição é que tudo ainda pode mudar.


Márcia Cândido e Leandro com Reinaldo, Dep. Chiquinho de Oliveira


Ailton Caetano e Venilton


Paulo Chaves


Dep. Talles Barreto, Pedro da Tricolor e Antoniali


Elioenay e Maronezi


Arnaldo Salatiel


André Luiz “Picum“, Amilson Lourenço e Lázaro


Ailton Américo

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior