Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiatuba -

Justiça Eleitoral dá prazo para Márcia e Arnaldo se defenderem contra impugnação

A Justiça Eleitoral de Goiatuba publicou no início da noite de terça-feira (23), despacho da Juíza Eleitoral, Drª. Débora Letícia Dias Veríssimo notificando a candidata a prefeita Márcia Cândido, da Coligação “Goiatuba quer ser Feliz” (PSDB / PHS / PMB / PSD / PV / PC DO B / PEN) e o candidato a prefeito Arnaldo Salatiel pela Coligação “Respeito por Você” (PPS/PDT), da impugnação de suas candidaturas e dando-lhes prazo de 7 dias para apresentarem suas contrarrazões.

Nossa redação buscou contato com os candidatos para conhecer quais seriam os próximos passos deles em relação à situação. O vereador e prefeitável Arnaldo Salatiel revelou que se sentia impugnado e que seu departamento jurídico já está cuidado do caso, sendo que dentro do prazo concedido pela Justiça Eleitoral apresentará toda documentação e defesa.

Quanto a candidata Márcia Cândido, nossa reportagem conseguiu falar com seu assessor de imprensa Leonardo Costa. Ele revelou que a assessoria jurídica já espera por essa situação e que os advogados da Coligação estão trabalhando na preparação de documentos e defesa da candidata.

Hoje, outras decisões devem ser publicadas pela Justiça Eleitoral, já que são aguardados novos pronunciamentos por parte da magistrada Débora Letícia Dias Veríssimo, em relação aos pedidos de candidaturas tanto para prefeito, como vereador para as eleições de 2016. Drª. Débora é considerada pelos advogados que atuam na comarca como uma magistrada que usa todo o rigor da lei.

Arnaldo Salatiel, candidato pelo PPS

Márcia Cândido, candidata pelo PSDB

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior