Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiatuba -

Mobilização contra o Abuso e exploração sexual tem apoio popular

Durante o mês de maio estão sendo realizadas em Goiatuba diversas atividades de conscientização em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, entre elas, palestras em todas as escolas, pit stops e caminhadas em diversos setores a cidade e também no Distrito de Marcianópolis.

Nesta quinta-feira, 18 de maio, dia da grande mobilização que aconteceu em todo o país para alertar sobre a importância de combater o abuso e a exploração sexual contra nossas crianças e adolescentes, Goiatuba fez bonito. A mobilização partiu da Praça da Bandeira e percorreu toda a Av. Presidente Vargas, convidando os comerciantes e toda a população à participarem desta luta.

A iniciativa foi idealizada pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Assistência Social, que envolveu todos os seus segmentos, sendo eles: CREAS, CRAS, e SCFV, creches, as secretaria de Educação, Saúde, e demais secretarias do município, além disso, a mobilização contou com o apoio do Colégio da Polícia Militar de Goiatuba, Poder Judiciário, Poder Legislativo, as polícias Civil e Militar e toda a comunidade.

Helen Leão, coorde-nadora do CREAS, fez questão de ressaltar durante o evento que o dia 18 de maio foi instituído no ano de 2000, pelo Projeto de Lei nº 9.970/00, como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. O dia foi escolhido devido ao assassinato de Araceli, uma menina de oito anos de idade que foi drogada, estuprada e morta por jovens de classe média alta, no dia 18 de maio de 1973, em Vitória (ES).

Segundo a primeira-dama e secretária de assistência social Maura Marques, “o objetivo das ações é reforçar os direitos da população. Queremos mobilizar, informar, sensibilizar e convocar toda a sociedade para participar dessa luta. O combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes é um assunto sério, urgente e que não pode cair no esquecimento”, revelou.

A Juíza da Infância e Juventude, Dra. Sabrina Rampazzo, falando aos participantes da mobilização apresentou os números dos crimes de abusos e exploração sexual contra crianças, e que poucos casos chegam ao Judiciário e apenas um número muito pequeno dos envolvidos nestes crimes são efetivamente condenados.

O prefeito Zezinho Vieira aproveitou a oportunidade para parabenizar todos os envolvidos na organização da mobilização e ressaltou a importância de se combater esses crimes que são de uma violência desmedida. Para o prefeito, “só com o envolvimento da sociedade vamos conseguir proteger nossas crianças contra essas pessoas que agridem não apenas o corpo, mais o emocional e vida dessas crianças, precisamos atuar juntos para coibir novos crimes e punir os que infelizmente já aconteceram”, comentou.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior