Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiatuba -

Parque das Primaveras vence 3º Campeonato de Futebol de Bairros

A partida final da Taça José Roque Couto movimentou um grande público no Estádio Divino Garcia Rosa que viu a equipe do Parque das Primaveras vencer a grande final diante do da equipe do Centro II, pelo placar de 4 a 1.

No primeiro tempo a partida começou bastante equilibrada. As equipes precavidas boquearam o meio de campo, mas mesmo assim as oportunidades foram surgindo. Após bola na trave do goleiro Fernando, o time da vila mostrou força e Brener, de cabeça perde excelente oportunidade. Edson Junior também de cabeça e depois de Nenêgo chuta forte pra fora. Mas, o 1º gol surgiu aos 32 minutos do primeiro tempo. Um lançamento de Adriano Pimenta deixou Felipe em condições de bater um chute forte e enviesado colocando no placar 1x0 para o Centro II.

O primavera não se abalou por aos 46 da 1º etapa, o ala Vinícius, fora de posição ajeitou a bola para a esquerda bateu forte, a bola resvalou na zaga e entrou no canto direito do goleiro Lucas, empatando e fechando o placar na primeira etapa.

Já no segundo tempo, um bom papo do técnico Sousa com seus comandados mudaram o rumo da partida. O primeiro ataque da Raposa, o ala Vinícius na meia lua da grande área mandou um torpedo indefensável para o goleiro Lucas, levantando a arquibancadas. Isso aos 5 minutos da 2º etapa. O centro 2  tentava algumas estocadas e quando não parava nas boas defesas do goleiro Fernando o travessão fazia o papel de defender. No meio da partida o volante Daniel foi derrubado na área. O juiz Edson marcou a penalidade. Brenner ampliou para 3x1. A partir daí o gás do Centro II perdia forças e com isso o Primaveras partiu para o ataque, um chute forte obrigou o goleiro Lucas a espalmar a bola sobrou para Brenner que fez até pose. Virou a bola para o campo e bateu de calcanhar,  sacramentando a vitória  e consequentemente  a conquista do título. Foi só esperar o apito final e comemorar com a imensa torcida presente no Divinão. Lembrando que o Primaveras, a Raposa da Vila representou além do Parque, os setores Novo Horizonte, Maranata e Morada Nova.

Bastidores do Esporte

Prestígio - A decisão  do 3º Campeonato de Futebol de Bairros vencido pelo Parque das Primaveras teve a presença de diversas autoridades públicas, como: Prefeito Zezinho Vieira, Secretário de Administração, Finanças  e outros assessores; vereadores Ricardo da Carpa, Cleefer Lucas, Rogério Conga, Japinha, Beto Construtor e Santhiago Vieira mostrando que a união de esforços pode reconstruir a autoestima de todos.

Presente - Zezinho Vieira não fez de rogado. Junto com seus secretários e vereadores foram pra Praça Simonides Netto comemorar a alegria dos torcedores periféricos e foi muito bem recebido e aplaudido. Dona Maura Marques também marcou presença na grande festa.

Conjunto - A torcida do primaveras e região deram uma grande demonstração de força e união aplaudindo do começo ao fim a equipe azul e verde. Confetes, refrãos, broncas e aplausos não faltarão.

A que veio - Começar um trabalho não é fácil, inúmeras vezes tivemos que choramingar ajuda para montar a equipe. Veio o sucesso e com ele aproximação de pessoas embarcando na festa. Se for pra ajudar vamos agradecer. Caso contrário, fora.

Premiação - Além da taça de Campeão, o Primaveras teve o goleiro Fernando como o menos vazado e recebeu o troféu da Secretária de Esportes. Brenner  e Vinicius foram os artilheiros da equipe com 10 gols cada. O principal artilheiro da competição foi Caíque, do Bananeiras com 14 gols.

Saúde Louvável - Tem o zagueiro Nenêgo foi o destaque da equipe da vila. Com 45 anos, mostrou folego além da conta e sempre correndo os 90 minutos como um garoto preparado. Barreira intransponível, Nenêgo não da trégua aos atacantes e consegue ir ao ataque com um pique louco e rápido. Parabéns.

Perfeitos - Parabéns também ao árbitro Edson Capeta e seus auxiliares Osmar Sobrinho e Gilson Robozinho pela firmeza com que conduziram a partida. Nem a favor e nem contra, foi nota dez, merecia um prêmio. Parabéns também aos jogadores. Ninguém foi melhor que ninguém. Todos foram iguais e cada um cumpriu suas tarefas.

Desculpas - Foram pedidas pela equipe da Secretaria de Esportes e Lazer por um erro gráfico ocorrido no ticket distribuído para o sorteio de brindes aos presentes na grande final. É que por um erra da empresa que produziu o material, apenas o nome de uma das equipes apareceu no impresso.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior