Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiatuba -

Prefeitura e SEBRAE firmam parceria para regularização ambiental

Esta semana a Prefeitura Municipal de Goiatuba e o Serviço Brasileiro de Apoio aos Micros e Pequenos Empreendedores (SEBRAE) celebraram parceria para viabilizar a regularização do licenciamento ambiental por parte de empreendimentos potencialmente poluidores. A parceria foi firmada durante encontro do prefeito Zezinho Vieira com a equipe do SEBRAE e do Instituto Vida.

No mesmo dia em que foi firmada a parceria, aconteceu sob a coordenação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e do SEBRAE, reunião com os donos de empreendimentos potencialmente poluidores do município já notificados pela SEMMACC para providenciarem o Licenciamento Ambiental de suas atividades.

A reunião teve a finalidade de orientar os empreendedores sobre a necessidade da regularização e possibilidade de aderirem ao programa SEBRAETEC, que através da parceria firmada com a Prefeitura, auxiliará no custeio dos estudos ambientais que as empresas deverão realizar, a fim de adequarem seus empreendimentos no que tange a legislação ambiental sobre a preservação e conservação do Meio Ambiente.

Com a parceria, os empreendedores que optarem por aderir ao programa SEBRAETEC, terá que custear apenas obras físicas, caso o estudo aponte a necessidade de se implantar obras estruturais e de saneamento básico, conforme a legislação vigente.

Água usada no abastecimento urbano doméstico é aprovada

A Prefeitura Municipal de Goiatuba através da Secretaria do Meio Ambiente Cidadania e Costumes (SEMMACC) realizou a análise da água do manancial usado para captação e abastecimento doméstico de Goiatuba, a fim de averiguar a qualidade da água distribuída no abastecimento público.

A coleta das amostras de água ocorreu no dia 23 de janeiro deste ano e foi realizada por equipe especializada do laboratório MICROLAB AMBIENTAL, de Goiânia, acompanhada de populares que se interessaram em fazer o acompanhamento da ação e pela equipe técnica da SEMMACC.

Os resultados nas análises demonstraram que não foi detectada nenhuma presença de agrotóxicos, tanto na água tratada quanto na água bruta (in natura – em tratamento). Segundo informou a direção da SEMMACC, as análises se encontram na secretaria à disposição para consulta dos interessados em conhecer o resultado.

Ainda quanto a análise da água tratada, como pode ser verificado nos resultados, todos os parâmetros estão em conformidade com a Portaria 2.914, do Ministério da Saúde, que estabelece parâmetros de qualidade para a água usada no abastecimento público.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior