Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiatuba -

Presa quadrilha que praticava roubos em Goiatuba

Jovens presos sob suspeita de prática de crimes pela Polícia Civil

A Delegacia de Polícia Civil de Goiatuba prendeu na data por volta das 18h30min, nesta quarta-feira,1, uma quadrilha armada que praticava roubos na cidade. Após investigação, a polícia civil identificou os autores Vinícius Silva Sousa, 18 anos, Alessandro Sousa Jesus, 18 anos e Jeverson Pinheiro, 21 anos, como sendo os responsáveis pela prática de vários crimes de roubo qualificado, ocorrido nos últimos dias em Goiatuba.

No dia 30/01/2017, por volta das 14h21 minutos, na Rua Clóvis Rodrigues do Vale, Vila Esplanada I, Alessandro e Vinícius armados com um revólver calibre 38, foram até o estabelecimento comercial Mega Brinquedos e anunciaram o “assalto”, renderam a vítima, subtraindo diversos aparelhos celulares, caixas de Som e um aparelho receptor de rádio fusão.

No início desta tarde, policiais civis, após identificarem os autores, deslocaram-se até a residência de Alessandro Sousa de Jesus, tendo este confessado a prática do crime de roubo e ainda indicado Vinícius Silva Sousa como o segundo autor, informando também que teria sido convidado por este para participar da empreitada criminosa.

Em seguida, os policiais civis deslocaram até a academia onde encontraram Vinícius Silva Sousa, tendo este também confessado o crime e informado que Jeverson cedia a arma para a realização dos roubos em troca de receber partes dos objetos subtraídos. No veículo de Vinícius foi encontrado um simulacro de arma de fogo. Na sequência, foram até a residência de Jeverson Pinheiro, onde localizaram o revólver cal.38 municiado, além dos objetos do roubo. Os autores são investigados também pela prática de outros crimes ocorridos neste município, dentre eles os praticados em postos de combustíveis. A Polícia Civil apurou também que a arma foi a mesma utilizada em um roubo de veículo, ocorrido no lago dos buritis dias atrás.

Vinícius Silva Sousa, Alessandro Sousa Jesus e Jeverson Pinheiro foram autuados em flagrante pelos crimes de associação criminosa armada (artigo 288 §único do CPB, Pena de 1 a 3 anos de reclusão) e posse irregular de arma de fogo de uso permitido (artigo 12 da Lei 10.826/03, Pena de 1 a 3 anos) e vão ser indiciados além dos crimes acima descritos, também pelo crime de roubo qualificado pelo emprego de arma e concurso de pessoas (artigo 157 §2º, I e II do CPB, Pena de 4 a 10 anos de reclusão), somadas todas as penas totalizam 16 anos.

Após procedimentos, os autuados encontram-se recolhido na Unidade Prisional de Goiatuba, onde ficará a disposição da Justiça.

Celulares, arma e máscara apreendidos com os jovens

Goiatuba quadrilha 1.jpg

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior