Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiatuba -

PROSA, POLÍCIA E POLÍTICA

Marcos Pereira

ESSA DOEU!

Daniel Marques Galdino, estava em um bar no setor Primaveras tomando aquela “água que tubarão não nada”, quando foi surpreendido por Marcos de “tal” com 3 espetadas de faca nas costas. Foi socorrido e passa bem.

PEGO NO FLAGRANTE

“Meiodião,calorão” e Tiago Alves Costa resolveu assaltar o Auto Posto Gascom, na avenida Amazonas, chegou, rendeu a frentista com uma faca, levou a grana. Porem, foi seguido por terceiros e encontrado pela polícia com a faca e o dinheiro.

“TIRA A ROUPA, FICA QUIETA”!!!

Três elementos adentraram o estabelecimento comercial do Senhor Manoel Francisco de Oliveira, de 65 anos, no Setor Bananeiras, levaram um rifle CBC calibre 22, tipo carabina, um revólver 38 Taurus, o dinheiro do caixa e uma moto Honda NXR, branca ONZ 4499. Enquanto os ladrões estavam na pequena mercearia, uma cliente chegou, L.F.N. de 26 anos. Ela foi obrigada a tirar a roupa e ficar quieta até que os meliantes fugissem.

PEGOU NA “BUXA”, OU NO “BUXA”?

Setor Bananeiras, a PM abordou um usuário, Eurípedes Aparecido Dias de 29 anos, que levava consigo uma porção de maconha. Na entrevista calma e amistosa com os policiais, ele afirmou ter comprado o “produto”, numa “boca” pertencente a um elemento apelidado, “Buxa”. Trata-se do jovem Robson Rodrigues da Silva de 22 anos que foi pego com aproximadamente 200g de uma sustância, com cheiro, cor e característica de maconha. Resumindo a bucha do “Buxa”, deu cadeia.

CONVERSANDO E CONFESSANDO

A PM fazia seu patrulhamento rotineiro pelo Setor Primaveras, quando deparou com Márcio F. Soares de 32 anos, usuário de drogas, que levava consigo duas porções de maconha, que afirmou ter comprado de Luiz Rodrigues da Silva de 22 anos. Os policiais não demoraram para encontrá-lo no Setor Novo Horizonte e na conversa amistosa com os integrantes da viatura, confessou ter vendido a substância para o rapaz.

LARÁPIOS “TOCANDO O TERROR”

No mesmo dia, ladrões realizaram três assaltos em menos de seis horas. O primeiro deles no Bananeiras, vitimando Catiana Pereira do Carmo. Um elemento aparentando estar aramado adentrou seu estabelecimento comercial na rua Tancredo Neves, levou cerca de 50 Reais do caixa e evadiu em uma moto. O segundo assalto do dia 22 de Janeiro, ocorreu no Setor Juca da Luiza e vitimou Alberto Alves Carvalho, que foi visitado por dois elementos, um deles aramado, e do seu estabelecimento foi subtraído o dinheiro do caixa e ainda jias e um celular. Os meliantes fugiram em uma moto. Já o terceiro assalto aconteceu novamente, no Bananeiras. Desta vez, a vítima foi Joanir Alves de Moares de 66 anos, ele é mototaxista e ao atender uma chamada foi surpreendido por dois elementos em uma moto preta e armados, levaram a sua Honda Titan 150 vermelha, NLN 4013.

NÃO FORAM TOMAR CAFÉ

BR 153, Setor Serrinha, lanchonete “Café Goiano”, ao chegar para trabalhar o proprietário, Héber Cardoso da Silva, percebeu a porta arrombada e do interior do estabelecimento os meliantes levaram uma balança, chicletes, balas e outras “miudezas”, cerca de 100 bonés variados e não deixaram pistas.

MAIS ASSALTOS

Mesma noite, com duas horas de intervalo, meliantes assaltaram no Setor Imperial, Camila Souza Oliveira que chegava em casa e ao descer para abrir o portão foi rendida por dois elementos que saltaram de um carro prata, sedan, Voyage e levaram seu Corsa preto NKV 8334 e fugiram sentido BR. Cerca de duas horas depois, na Avenida Cloves Rodrigo do Vale, Pizzaria Super Pizza. Os funcionários se preparavam para fechar o estabelecimento, quando dois elementos os renderam, levaram o dinheiro do caixa, dois capacetes e evadiram do local em uma moto Broz.

POLITICANDO

Ano eleitoral, muita coisa pode acontecer. Inclusive o inesperado. Recentemente, um pretenso candidato, já guardou mágoas desta coluna e aparentemente de nossa pessoa. “Não adiantam lágrimas, se elas não vertem verdadeiramente do coração”. Agradecemos a amizade e esperamos que não se abale, se abalar é por que nunca foi sincera.

Na Câmara Municipal, apesar de unanimemente osa vereadores aceitarem a instalação de uma Comissão Processante, a expectativa é de trabalhos tranquilos. E a grande maioria dos vereadores ouvidos por esta coluna afirmou não terem nenhuma conotação eleitoreira em suas ações.

São três os elementos sorteados para as investigações e análise das documentações sobre a Previdência: Arnaldo Salatiel, Saulo Severo e Vereador Flaviano. As denúncias foram levadas ao Legislativo pelo Vereador Clifer Lucas, que se transforma aqui, no quarto elemento.

Germi Fernandes, atualmente no PTC, foi umas das peças que surgem em meio às denúncias e se torna membro do parlamento com capacidade de análise e voto.

Tranquilidade. Esta também é a frase dos membros do Executivo. Pelo “andar da carruagem” não se furtam em afirmar que toda esta movimentação é apenas um grande mal entendido.

Políticos de alguns partidos que atualmente se dizem oposição, fizeram uma aparição pequena na Câmara. Pequena e poucos foram os que apareceram. O mais engraçado é que alguns até mesmo estiveram envolvidos em escândalos também.

Perguntar não ofende. Quem realmente está pensando no povo?!

E como não poderia ser diferente. Com a crise, aquela espécie de político ainda desaparecida. Trata-se dos “Fugindus dus pópulis”. É uma espécie que se tornou famosa por desaparecer nos momentos difíceis e só aparecer nos discursos acalorados dos “Salvadores da Pátria”.

No último dia 26 a Sargento Gislene completou mais uma primavera e esta coluna parabeniza a policial, mãe, esposa e guerreira.

Esta coluna também envia um abraço a toda equipe da Nova Auto Car Veículos. Pessoas simples e gentis que nos recebem muito bem.

Até Semana que vem...
Marcos Pereira, é radialista, jornalista, palestrante, teó-logo, especialista em ciências da religião, graduando em pedagogia e estudante de direito.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior