Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiatuba -

Prosa, Polícia & Política

OPERAÇÃO “FECHA”

Setor Primaveras. A PM em uma operação denominada “Fecha Quartel”, chegou em um bar onde maiores estavam bebendo e permitindo que a menor A.F.M. também ingerisse bebida alcoólica. Diante do flagrante, todos foram encaminhados para autoridades competentes lembrando que essa prática, tem sido uma constante em bares e lanchonetes da cidade, onde não se tem o hábito de pedir identidade para quem está bebendo.

NO MESMO BAR

Na mesma “Operação” e no mesmo bar, foi encontrada com outra mulher, Mariana Fernandes Garcia,em sua bolsa, duas porções de uma substância, com cheiro de maconha, jeito de maconha, cor de maconha. Resumindo... era maconha. No momento da entrevista amistosa com os policiais a autora afirmou ter ganhado a droga de uma pessoa desconhecida. Foi lavrado o boletim de posse para consumo e a droga apreendida e entregue às autoridades.

COM AS “MÃO CHEIA”

O Serviço de Inteligência da PM conseguiu localizar Wilian Silva Vieira e com ele, em sua residência, vários objetos produtos de furto. Um notebook Positivo com carregador, um DVD Karaokê Amvox, dois caregadores de celular Alcatel, um carregador Sansung, um carregador Acebel, um Celular Nokia 305, um celular Sansung 0168, um LG BL41zh e um lampião de cor e luz azuis. Tudo foi encaminhado para a D.P.

VOLTANDO PARA “GAIOLA”

Policiais de Goiatuba em patrulhamento pelo Setor Primaveras viu o foragido da justiça Ivanildo da Silva Batista, que ao perceber a chegada da PM saiu correndo, saltando muros e passando por terrenos do bairro. Porém, sua tentativa foi em vão. A equipe acabou realisando sua prisão. Ao ser indagado, qual o motivo de sua fuga, ele afirmou ter medo do GPT. Mas, em consulta aos seus antecedentes criminais, foi constatado um mandado de prisão em seu desfavor, proveniente da comarca de Joviânia. Assim sendo, o rapaz voltou ao seu estado anterior, ou seja,preso.

ERA DIGITAL

Em patrulhamento pela Rua Piauí, a equipe da PM foi abordada por Leandro Paulino Silva, morador do Setor Santa Paula, que informou ter sido vítima de furto. A PM foi até o, local, onde constatou a janela que dá acesso ao quarto com a grade de proteção quebrada e de dentro da casa o ladrão furtou uma TV 43 Polegadas, um roteador e uma Makita.

O ALARME FUNCIONOU

Setor Oeste com Vila Mutirão. Era madrugada quando vizinhos e a equipe de vigilância foram acordados pelo alarme de um supermercado e casa de carnes. O larápio, arrebentou a porta de vidro e já havia depositado em uma caixa de papelão alguns produtos com intenção de furtá-los. Porém, diante do barulho, foi obrigado a abandonar tudo e fugir para não ser preso.

SEM EDUCAÇÃO

Em uma única noite, larápios invadiram duas escolas municipais de Goiatuba uma no Setor Burití Park e outra, próximo ao Ministério Público no Setor Oeste. Na escola do Buriti Park conseguiram levar um Data Show e na outra, mesmo já colocando bebedouros e extintores do lado de fora, foram vistos por vizinhos e diante deste fato, acabaram fugindo. Diante deste fato, a Secretaria de Educação afirmou que “é bom rever as condições de segurança das escolas”.

VAI ABASTECER? NÃO, ASSALTAR!

Dois bandidos em uma moto Bross chegaram à área de abastecimento do Posto Alvorada e portando uma arma de dois canos com grosso calibre, renderam os funcionários, conduzindo-os até a sala da gerência e de lá, subtraíram o dinheiro que estava no caixa, tomando rumo ignorado. A moto, era vermelha e não tinha placa.

FOI.. MAS.. VOLTOU

Tiago Silva Leandro, deixou sua moto CG 150 de cor prata, NFS 6457 estacionada na Rua Pernambuco, no centro da cidade em frente a sua residência. Após meia hora, ao retornar, percebeu que seu veículo havia sido furtado. A PM, em diligência pelas ruas da cidade, conseguiu localizar a referida moto algum tempo depois na Avenida Rio grande do Sul, Vila Betânia. O larápio, ao perceber a presença da Polícia, fugiu, abandonando o veículo.

POLITICANDO

COM A atual conjuntura moral dos políticos no cenário nacional, muitos brasileiros que militam de forma descente na política, estão com vergonha de serem apresentados como representantes de partidos.

A LUZ que faltava está de volta. O departamento de iluminação pública da prefeitura municipal, está correndo contra o tempo para tentar repor as lâmpadas nos pontos necessários nos vários bairros da cidade. O telefone do centro de obras tem sido muito requisitado por cidadãos solicitando o benefício em sua ruas.

DEMONIZAÇÃO. Não se pode “demonizar” todos os elementos de um partido pelo seu líder. Da mesma maneira que não se pode medir o caráter de um profissional, por ações desencontradas e totalmente desconexas de outro.

PREFEITO Zezinho Vieira, tem demonstrado sensatez e acima de tudo muita paciência para lidar com os problemas da administração pública. Mesma tranquilidade e firmeza apresentada por Alberto, seu Secretário de Administração.

VICE PREFEITO Gilbertinho, tem sido presença constante em todos os eventos da municipalidade. Com jeito simples, tem feito um trabalho direto e acessível à população. Ponto positivo.

CLIMA QUENTE. Algumas fontes em Brasília afirmam que ainda existem muito “cartuchos” para queimar nessa guerra de denúncias e que Goiás, poderá ser surpreendido a qualquer momento. Vamos aguardar.

ABRAÇOS da semana para equipe do SAMU que recebeu da prefeitura, uniformes novos que continuarão garantindo o bom atendimento prestado por todas as equipes que ali trabalham. Parabéns! Felicitações também, para a Rádio Sempre que em breve estará com sua programação transmitida em FM, a outorga definitiva foi assinada em Goiânia esta semana com a presença do Ministro das Comunicações Gilberto Kassab e do Governador Marconi Perillo, dentre várias autoridades. E por último e mais importante, parabéns para minha linda filha Mariana neste dia 02 e meu pai João Marquez, neste dia 03 que estão de níver. Meus amores, minhas inspirações. Deus abençoe vocês.

Marcos Pereira, é radialista, jornalista, palestrante, teólogo, especialista em ciências da religião, pedagogo e estudante de direito.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior