Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiatuba -

Semana decisiva na disputa à prefeitura de Goiatuba

De hoje até a próxima sexta-feira (5), não ficará mais nenhuma dúvida sobre que será candidato a prefeito e quais as alianças se formarão para governar o município no quadriênio 2017/2020. É que esta é a última semana para que partidos promovam suas convenções e oficializem seus hoje pré-candidatos, como candidatos.

Em Goiatuba, nunca houve um pleito eleitoral com tamanho número de pré-candidatos, que na primeira fase chegou a 18 nomes e hoje afunila em 10. Número este que deve ser reduzido nesta semana para no máximo 4, segundo alguns especialistas da política nas Bananeiras.

A dificuldade administrativa e financeira enfrentada pelo prefeito Fernando Vasconcelos (PP) o fez recuar da disputa eleitoral em meados do primeiro semestre e o grupo que o apoiou ainda não chegou a um consenso e traz pelo menos 4 dos 10 nomes que ainda afirmam ser pré-candidatos e trabalham nos bastidores.

A candidata Márcia Cândido (PSDB) tem levado vantagem sobre seus prováveis adversários. Manteve sua estrutura eleitoral desde a eleição suplementar em 2013 e continua trabalhando nos bastidores e junto ao eleitorado sua pré-campanha, enquanto seus oponentes se dividem e não formam nenhuma aliança. Segundo informações dos bastidores político, a tucana tem bom aproveitamento nas pesquisas encomendadas pelos partidos para consumo interno. Confira quem são os pré-candidatos:

Márcia Cândido

Ex-primeira-dama do município, esposa do ex-prefeito Reinaldo Cândido, mãe de duas filhas, ganhou notoriedade após a disputa de 2013, onde teve a maior votação, mas não assumiu, face a Justiça Eleitoral não contabilizar seus votos, após lhe negar o registro de sua candidatura.

Pedro Batista

Empresário do segmento de tintas, natural de Edéia, fez carreira em Goiânia e Itumbiara. Mudou-se para Goiatuba quando o Grupo Tricolor Tintas abriu sua filial na cidade. Até o início deste ano estava na presidência da Câmara de Dirigentes Lojistas e Associação Comercial e Industrial e Agropecuária de Goiatuba, se licenciando para a pré-campanha.

Elioenay Magalhães

Atual vice-prefeito pelo Democratas, assumiu o comando do município em três ocasiões. A primeira em 2015, quando o prefeito Fernando Vasconcelos integrou missão oficial do Governo de Goiás à Europa. As outras duas vezes foram já em 2016, a primeira, após a Câmara de Vereadores cassar o mandato de Fernando e a segunda, quando a justiça local derrubou Liminar do Tribunal de Justiça.

André Luiz

Com origem em família tradicional do município, André Luiz (PMDB), o Picum, como é conhecido pelos amigos, tem uma carreira de locutor de rodeios e administrador de alguns patrimônios da família e de empresas da região. Já foi secretário de Esportes e Lazer no Governo Marcelo Coelho e marcou sua passagem na pasta com a qualidade dos eventos sob seu comando.

Venilton Rezende

Também de família tradicional na política goiatubense, Venilton Rezende (PTB) já foi secretário de Finanças do município durante o Governo Hermes Traldi e vereador. Ele é filho do ex-vice-prefeito Osvaldo Paulino e prof.ª Carminda, que também foi vereadora e subsecretária regional de Educação por 11 anos.

Amilson Lourenço

Tem amplo currículo de atuação em cargos públicos de cunho tanto no município, como no Governo do Estado. Engenheiro Civil, foi vereador e secretário de Obras no Governo Jairo Borges. Atualmente é funcionário de carreira do Governo Estadual, lotado na Secretaria Estadual da Fazenda. Ele está filiado ao PTB.

Antonialy Ferreira

Filiado ao PROS, fez carreira no Sindicato Rural de Goiatuba onde era o responsável pelos cursos de formação profissional oferecidos através do SENAR, órgão de educação ligado a FAEG, conseguindo se eleger vereador em 2012. Em 2014 disputou a eleição estadual e ficou como suplente de deputado estadual.

Zezinho Vieira

Ex-vereador e secretário de Esportes na primeira gestão do ex-prefeito Marcelo Coelho. Está filiado no PP do senador Wilder Morais e atualmente lidera o diretório do partido no município, após recuo do prefeito Fernando Vasconcelos, para dar maior liberdade ao projeto do pré-candidato. Zezinho é de família tradicional e com forte presença nos bastidores políticos do município.

Noroel Buzain

Também foi secretário na gestão do ex-prefeito Marcelo Coelho e se elegeu vereador como um dos mais bem votado em 2012. Foi eleito o primeiro presidente da Câmara Municipal na atual legislatura e disputou a eleição suplementar de 2013, ficando na terceira colocação.

Arnaldo Salatiel

Foi secretário municipal nas administrações do ex-prefeito Godofredo Jerônimo da Silva (seu pai) e do ex-prefeito Marcelo Coelho. Atualmente é vereador e presidente da Comissão Provisória do PPS. Foi Presidente da Comissão Processante que cassou o mandato do prefeito Fernando Vasconcelos.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior