Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Goiatuba -

Subseção de Goiatuba sedia OAB-GO Itinerante

Subseção de Goiatuba sedia OAB-GO Itinerante

A 28ª edição do OAB-GO Itinerante foi realizada na Subseção de Goiatuba na última terça-feira (29). O presidente da seccional, Henrique Tibúrcio, disse que o projeto tem a finalidade de visitar todas as subseções e levar os serviços da Ordem para os inscritos. “Por causa do grande número de advogados nas subseções nós gestores temos a obrigação de virmos a ter com os inscritos. O objetivo é mostrar o que a OAB está fazendo e nos colocarmos na condição de ouvintes para escutar as demandas e as dificuldades da subseção. Não há temas que não podemos acatar ou tratar. Sendo que todos os assuntos sugeridos e debatidos serão anotados e terão um encaminhamento devido”.

O presidente da Subseção de Goiatuba, Fernando Marques Pires, comentou a visita da Ordem. “É com prazer, satisfação e honra que recebemos o OAB Itinerante. Temos alguns problemas aqui na subseção que queremos debater como, por exemplo, a questão dos honorários de sucumbência, a captação ilícita de clientes e o exercício ilegal da profissão. Quero enfatizar, nesta oportunidade, que estamos sempre à disposição dos advogados”.

“A preocupação de vir e ouvir os advogados é importantíssima. Escutar os advogados para melhorar e aprimorar a vida da advocacia na subseção é fundamental”, afirmou o presidente da Associação Goiana dos Advogados Trabalhistas (Agatra), Rafael Cortez.

O ex-presidente da subseção e juiz do Tribunal de Ética da OAB-GO, Filemon Santana Mendes, disse que a Ordem goiana é uma entidade muito confiável e mantida pelos advogados. Além de ser um instrumento de defesa. “O objetivo do projeto é aproximar as pessoas da instituição”, disse.

A captação ilícita de clientela foi um dos assuntos tratados durante a audiência. Segundo Tibúrcio esta prática, muitas vezes, é feita por pessoas que nem são advogados. “Este é um tema que está sendo tratado pela Comissão de Direitos e Prerrogativas da Ordem. Nós avisamos a polícia e eles tomam as devidas atitudes e a OAB abre processo ético contra os advogados que estão envolvidos, pois esta prática não é permitida pelo nosso código de ética”, explica.

Sobre a Unidade de Honorário Dativo (UHD) o presidente da seccional informou que em reunião recente com o secretário da fazenda foi estipulado um prazo de 45 dias para que seja realizado o aumento, mas disse, ainda, que caso o valor não seja atualizado a OAB-GO irá entrar com uma ação para cobrar esta majoração.

Outra questão le-vantada foi o exercício ilegal da profissão. “Muitos bacharéis não passam no exame da Ordem, mas atuam como advogados. Peço que avisem a OAB para que tomemos as devidas atitudes para combater estas atividades. Para combater esta prática vamos lançar uma campanha contra o exercício ilegal da profissão”, comenta Henrique.

Homenagem

A OAB-GO ainda prestou homenagem aos advogados da ci-dade com mais de 25 anos de inscrição. O presidente Henrique Ti-búrcio juntamente com o presidente da subseção entregaram os certificados aos advogados José Abadia Bueno Teles; José Alves Ferreira; José de Oliveira Junior; Lacordaire Constantino Ribeiro; Ma-ria da Consolação Dias Baptista; Nair Ferreira de Carvalho e Nely Marques de Moraes.

“É uma honra poder prestigiar aqueles que são exemplo para os novos advogados. Modelo de ética, honra e que vivem da advocacia”, afirma Tibúrcio.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior