Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Morrinhos -

Operação "Sono Tranquilo" cumpre 5 mandados de prisão

Os reeducandos capturados pelos policiais civis e militares

Na madrugada de hoje (20/05), a Polícia Civil de Morrinhos deflagrou a operação "Sono Tranquilo" em parceria com a Polícia Militar representada pelos integrantes  do Grupo de Patrulhamento Tático (GPT). A operação transcorreu ao longo de todo o dia para localização e prisão dos reeducandos.
Assim que expedidos os mandados de prisão, foram 4 dias de monitoramento e levantamento do paradeiro dos suspeitos para que as prisões pudessem ser realizadas. Foram cumpridos 5 mandados de prisão preventiva em decisão condenatória expedidos pelo Poder Judiciário de Morrinhos. Tratam-se de presos que foram condenados e que estavam cumprindo pena no regime semiaberto mas que descumpriram a obrigação de pernoitar no Presídio, devendo, à partir de agora, regredir ao regime fechado. Entre os suspeitos, estão condenados por estupro, tráfico de drogas, roubo e porte ilegal de arma de fogo.
Foram presos Jurandir Arantes de Oliveira, 71 anos; Telmo Augusto Teles de Camargo, 48 anos; Ralf Rosa de Moura, 30 anos, Wellington Martins Borges, 34 anos; e Donizete Amaral Marques, 55 anos. Todos os presos devem cumprir mais de 5 anos de prisão em regime fechado.
Tais presos, ao invés de se recolher ao presídio dando cumprimento a obrigação imposta para cumprimento do regime semiaberto, permaneciam nas ruas de Morrinhos, frequentando bares e praticando crimes. Acreditamos que a cidade de Morrinhos ficará mais segura com o recolhimento desses reeducandos ao presídio local e os cidadãos poderão ter noites mais tranquilas, sabendo que contumazes infratores da lei não estarão nas ruas.
A operação contou com a atuação dos Policiais Civis Nilton da Cunha, Eduardo Balduíno e Edevaldo dos Santos e dos Policiais Militares integrantes do GPT Sgto. Mauro, CB. Cláudio e SD. Rezende que não mediram esforços para capturar os condenados e encaminhá-los ao Presídio de Morrinhos. 

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior