Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Pontalina -

Polícia Civil no combate ao tráfico de drogas


Na tarde de ontem os Policiais Civis da Delegacia de Polícia de Pontalina receberam notificação de uma ocorrência que narrava que um adolescente estaria em situação de cárcere privado na cidade de Pontalina, em poder de algumas pessoas que estariam exigindo dinheiro de sua avó para libertá-lo.

Ao tomarem conhecimento dessa ocorrência e de seus possíveis envolvidos, os Policiais Civis logo notaram que poderiam ser os mesmos suspeitos de estarem traficando drogas em Pontalina, que haviam chegado recentemente na cidade para a prática desse crime, vez que já havia uma investigação em andamento no cartório da Delegacia nesse sentido.

Diante disso, a equipe de policiais dirigiu-se até a residência dos suspeitos que já estavam investigando a fim de confirmar se eram os mesmos suspeitos envolvidos com a ocorrência.

Chegando ao local, a suspeita logo se confirmou, pois estavam na residência, além do adolescente possível vítima de extorsão mediante sequestro, três mulheres e um adolescente, e um homem.

Logo ao chegarem os policiais perceberam que o adolescente não estava em situação de cárcere privado e um dos envolvidos tentou pular o muro para um lote baldio que há do lado da residência, dispensando algo que parecia ser um celular.

Todos foram abordados e submetidos a revista pessoal, sendo que na residência foi encontrada uma porção de maconha e pequenas porções de cocaína, além de aproximadamente R$ 1.000,00 em dinheiro

Diante disso, os Policiais Civis foram até o lote ao lado da residência para confirmarem a suspeita de que poderiam estar ocultando algo de ilícito no local, e nesse lote encontraram, além do celular dispensado no momento da chegada dos policiais, uma mochila enrolada em um saco plástico usado para protegê-la das chuvas

Dentro dessa mochila havia aproximadamente 250g de cocaína, 330 comprimidos de Ecstasy, aproximadamente 100g de maconha e duas balanças de precisão, além de aparelhos celulares.

Cada comprimido de Ecstasy é vendido ao usuário pelo valor de R$ 30,00 (trinta reais), o grama de cocaína a R$ 50,00 e a porção da maconha a R$ 20,00. A droga total está avaliada em aproximadamente R$ 23.000,00.

Diante dessa situação, o adolescente que estava em situação de vulnerabilidade, de 13 anos de idade, foi entregue ao Conselho Tutelar para ser devolvido para sua família.

Duas mulheres, 18 e 19 anos de idade, as proprietárias da casa onde estavam as drogas, foram autuadas em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas e em seguida foram recolhidas na Unidade Prisional de Pontalina.

O outro adolescente, 17 anos, foi apreendido em flagrante por ato infracional análogo aos mesmos crimes e em seguida também foi entregue ao Conselho Tutelar, pois fora autuado por atos infracionais que não são cometidos mediante violência ou grave ameaça.

Os envolvidos na ocorrência possuem registros policiais por atos infracionais análogos aos crimes de homicídio, roubo, furto e receptação. Fonte/fotos: 6. DRP/Itumbiara.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior