Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
De Olho Aberto -

De Olho Aberto

Agradecido (I)

O empresário Pedro Batista “Tricolor”, convidado para assumir a Secretaria de Indústria e Comércio a partir de janeiro de 2019 (divulgado aqui), teve dias atrás, convite para assumir a Secretaria de Saúde, atualmente ocupada interinamente por Adelcídes Rocha, diretor do Hospital Municipal.

Agradecido (II)

Segundo o empresário, ficou lisonjeado por ter seu nome lembrado para duas pastas tão importantes, apesar de distintas.

Agradecido (III)

No entanto, Pedro da Tricolor, como é popularmente conhecido, pediu tempo para avaliar o convite e também suas condições pessoais e a viabilidade para assumir ou não pasta com tamanha responsabilidade.

Agradecido (IV)

Após conversar com a família e analisar suas questões profissionais, Pedro da Tricolor entendeu que não conseguiria conciliar sua vida profissional com a de gestor da Saúde Municipal e optou por não aceitar o convite.

Agradecido (V)

Para o empresário, o cargo de gestor da Saúde Municipal exige de seu gestor dedicação exclusiva, o que não tem possibilidade de fazer este ano, face aos compromissos já assumidos. Por isso, agradeceu o convite feito pelo prefeito Zezinho Vieira (PP) e o deixou livre para nomear outra pessoa.

Sangue Novo (I)

O atual coordenador do Núcleo de Saúde Bucal da Secretaria, o odontólogo Murilo Faleiro Lima Martins deve assumir a secretaria municipal de saúde e ser o novo secretário, já que o nome dele ganhou destaque na lista de prováveis com potencial para assumir a Secretaria.

Sangue Novo (II)

A nomeação de Murilo Faleiro daria algumas vantagens ao prefeito Zezinho Vieira, já que por ser membro da atual equipe da Secretaria, conhece bem o seu funcionamento e não demandaria tempo para transição, fato que um novato exigiria até conhecer a estrutura da SMS.

Sangue Novo (III)

Murilo é jovem, filho de Goiatuba que estudou fora e voltou à terra natal. Odontólogo com atuação reconhecida na cidade, sua nomeação também quebraria a celeuma criada por alguns de que para ser secretário de saúde obrigatoriamente precisa ser profissional da área.

Sangue Novo (IV)

Alguns analistas de plantão avaliam que o tabuleiro político em terras de São Sebastião das Bananeiras será mexido daqui para o início do ano de 2019 e que a primeira pedra já seria o novo secretário de Saúde.

Sangue Novo (V)

Para eles, o prefeito Zezinho Vieira aproveitará este período para promover uma ampla reforma administrativa, a qual deve necessariamente ajudar e delinear o quadro de reeleição ou sucessório em 2020.

Sangue Novo (VI)

Os mais otimistas acreditam que pelo menos 5 novos nomes devem surgir no primeiro escalão do Governo Municipal e que alguns remanejamentos também deverão ser feitos pelo prefeito Zezinho Vieira para acomodar novos aliados no Palácio Dr. Joaquim Rozendo Pinto.

Sangue Novo (VII)

Segundo estes analistas, essas mudanças estão no processo de maturação e deverão chegar à mesa após a eleição da nova Mesa Diretora da Câmara de Vereadores, que também pode impactar nesta reforma aguardada por muitos que estão fora e outros que querem permanecer.

Dividido (I)

Assim parece estar o Parlamento Municipal no que tange a escolha da nova Mesa Diretora da Câmara para o Biênio 2019/2020. Pelos corredores do Legislativo há sinais de pelo menos 3 grupos tentando se organizar e conquistar novos apoios na disputa.

Dividido (II)

Para os conhecedores do processo eleitoral no legislativo goiatubense, o resultado gerado pelas urnas eleitorais no pleito de outubro dividiu o que não era lá essas coisas de unidade.

Dividido (III)

Esta divisão pode colocar por terra acordos firmados na formação da atual Mesa Diretora. A Coluna apurou que liderança influente e que ajudou a costurar estes acordos tem novos interesses e pode estar incentivando mudanças nas alianças firmadas anteriormente.

Dividido (IV)

Este impasse e divisão têm data para serem dissipados. A sessão que elegerá a nova Mesa Diretora acontecerá em 7 de dezembro, última sessão ordinária do ano legislativo. Até lá, haja especulações e chuva de boatos.

Dividido (V)

Segundo o presidente da Casa, vereador Márcio Vieira Cassiano (PSDB), apesar de inúmeras tentativas externas no processo eleitoral da nova Mesa Diretora, ele está confiante que ao final, a unidade do grupo deverá ser mantida.

Guerra ao Aedes (I)

É o que declarou o Comitê de Enfrentamento à Dengue, Zika e Chikungunya em sua última reunião realizada na semana passada, na sede da Secretaria de Saúde.

Guerra ao Aedes (II)

O Comitê decidiu que as mobilizações contra o Aedes acontecerão sempre em agenda comum com a Secretaria de Obras para aumentar a eficácia no combate ao mosquito que se adaptou e consegue se reproduzir quase que em qualquer superfície.

Guerra ao Aedes (III)

Outra decisão é a criação do Síndico Dengueiro para os prédios públicos instalados no município, onde um servidor será destacado para cuidar do monitoramento do perímetro e também difundir práticas de cuidado e manejo entre os colegas.

Guerra ao Aedes (IV)

Também será cobrado de construtores, profissionais da construção civil, donos de lojas de materiais o cumprimento da legislação para que materiais como areia, terra, cascalho e outros fiquem dentro da área da construção e não sejam levados pelas chuvas e entupam as galerias pluviais.

Guerra ao Aedes (V)

A reunião do Comitê foi prestigiada por Dr. Adriano Godoy Firmino, da Promotoria de Meio Ambiente, que cobrou maior integração dos membros da equipe de Saúde ligada à Atenção Básica e núcleos de combate, bem como pontuou a necessidade da comunidade participar efetivamente nesta guerra.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior