Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
De Olho Aberto -

De Olho Aberto

Gripe H1N1 (I)

Goiatuba registrou este ano quatro casos suspeitos da doença, sendo que desses 3 eram crianças e um adulto. Todos os casos foram descartados para o vírus, já que o mesmo não foi detectado em nenhum dos pacientes.

Gripe H1N1 (II)

No caso das crianças, uma era de origem de Vicentinópolis, mas foi atendida em hospital goiatubense e encaminhado para Uberlândia a pedido da família.

Gripe H1N1 (III)

Segundo o Núcleo de Vigilância em Saúde de Goiatuba, os resultados que identificam algum outro vírus respiratório nesses pacientes estão em investigação no LACEN – Laboratório Central de Goiás.

Gripe H1N1 (IV)

Além do alarde com a morte prematura de uma criança, outro episódio que deixou triste e apreensiva toda população é o fato da divulgação de áudios e outros “informes” indevidamente quanto ao diagnóstico de vírus grave da gripe.

Gripe H1N1 (V)

A Secretaria de Saúde determinou que sejam apuradas as divulgações de conteúdos para determinar se algum servidor possa ter feito indevidamente ou divulgado informações inverídicas.

Gripe H1N1 (VI)

A coordenação no Núcleo de Vigilância em Saúde lamenta que casos tão sérios como estes sejam objetos de divulgações sem nenhum conhecimento e pede a população para que não acreditem em qualquer boato, mesmo que estejam em grupos de conhecidos. Pede para que sempre busque informação numa fonte oficial para evitar pânico na população.

Gripe H1N1 (VII)

É importante ressaltar que no caso das três crianças, todas foram vacinadas contra o vírus da Gripe H1N1 e o resultado dos exames mostram sua eficácia, já que o vírus não foi detectado em nenhum dos pacientes.

Gripe H1N1 (VIII)

A campanha deste ano ultrapassou os 90% da meta de vacinação determinada pelo Ministério da Saúde, mesmo com alguns grupos prioritários não comparecendo no número preconizado pelo Governo Federal.

Mais Lazer (I)

Esta semana a Câmara de Vereadores de Goiatuba inaugurou a reforma da quadra poliesportiva que possui em suas dependências.

Mais Lazer (II)

A quadra é utilizada pelo “Projeto Pingo de Amor” e por populares que queiram utiliza-la para a prática esportiva, precisando apenas marcar o horário na Secretaria da Câmara.

Mais Lazer (II)

Com a reforma a quadra ganhou dependências com vestiários e banheiros, o que não existia antes e dificultava a troca de roupas ou outros afazeres. A obra foi entregue pelo presidente da Câmara Beto Buzain.

Eleições 2019 (I)

Apesar do aparente silêncio, os bastidores eleitorais em Goiatuba não para. Esta semana mais um grupo de lideranças promoveram reunião e discutiram sobre o processo eleitoral local.

Eleições 2019 (II)

Os mais apaixonados tentaram até apontar culpados pela derrota tucana no pleito de 2016, sobrando para quem nunca teve nada com o peixe.

Eleições 2019 (III)

A verdade é que ninguém assimila uma derrota tão fácil, principalmente quando tudo parecia ser uma vitória fácil. Desde os primórdios, colocar a culpa do nosso erro no outro parece ser mais confortável do que assumir que errou.

Eleições 2019 (IV)

O que mostra o atual cenário, são inúmeras lideranças tentando se aglutinar com o objetivo de se cria um projeto eleitoral que encante o eleitor. No entanto, a missão não parece tão simples já que as ideias e ideais são múltiplos e divergentes e tem dificultado qualquer balão de ensaio.

Eleições 2019 (V)

Fria está o surgimento de lideranças dizendo que será candidato a uma das 13 vagas na Câmara de Vereadores. Com a mudança da legislação o processo ficou mais depurativo e deve impor fim de carreira para muitos eternos candidatos.

Eleições 2019 (VI)

Nenhuma novidade quando o assunto é a disputa para prefeito. Os pré-candidatos são os mesmos e nada de novo, ou seja, nome novo surgiu esta semana. Talvez as festividades juninas possam fazer brotar alguém.

A Região (I)

Os bastidores para as disputas por toda região também começam a se aquecer. Como em Goiatuba, a disputa pelo Poder Executivo deve ser mais intensa do que a do Poder Legislativo.

A Região (II)

A maioria dos municípios não terão candidatos à reeleição. Primeiro porque muitos estão no segundo mandato e em outros os atuais prefeitos se dizem esgotados por gerir o município num período de crise tão aguda.

A Região (III)

Em Joviânia, o nome do presidente do Sindicato Rural Tiãozinho Gonçalves que está terminando seu mandato parece ganhar força no meio rural para a disputa.

A Região (IV)

O empresário Cláudio do Ello Armazém Gerais também surge como possível candidato a suceder o prefeito Max Pereira Barbosa. Lá, é aguardar para ver quem será quem.

A Região (V)

Em Aloândia o prefeito Sinomar José do Carmo, o “Prainha”, parece estar bem próximo de definir que deve ser seu candidato, politicamente, não será um político tradicional.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior