Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
De Olho Aberto -

De Olho Aberto

Goiatuba


Economia I
A Saneago está informando aos usuários do sistema de distribuição de água que o produto faltará por todo o dia neste domingo (21), quando a empresa estará fazendo manutenção na estação de tratamento.

Economia II
Segundo a empresa, o abastecimento somente será reestabelecido no início da noite, portanto, nos setores mais periféricos esse abastecimento deve chegar um pouco mais tarde.

Recesso I
Como já é costumeiro nesta época do ano, a Prefeitura Municipal de Goiatuba está de recesso na maior parte de suas repartições, voltando ao expediente normal somente em 5 de janeiro.

Recesso II
Esse recurso usado por algumas gestões em nada economiza o recurso público e ainda piora o que já é ruim, o atendimento ao contribuinte.

Recesso III
Várias entidades de classe e milhares de contribuintes reclamam e condenam essa prática administrativa, mas ao que se vê os gestores devem ser surdos.

Recesso IV
Além do prejuízo financeiro, queda na qualidade do atendimento e a insatisfação dos contribuintes, essa prática não deve gerar prejuízo político, porque administração após adminis-tração ela se repete.

Recesso V
Só os serviços essenciais foram mantidos, com limpeza urbana, saúde e em virtude das mudanças nas escolas, a educação também está com uma equipe de plantão promovendo os ajustes.

Recesso VI
Quem também já está de recesso é a Câmara Municipal. Trabalho legislativo agora só depois da festa do Rei Momo.

2015 I
Ficou para o próximo ano o último embate para definir o processo eleitoral de 2012 no município. Esse embate está acontecendo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que julga recurso do ex-prefeito Reinaldo Cândido da Silva (PSDB).

2015 II
Na Corte Superior já aconteceram 2 rounds e o placar até o momento é 1 a 1, faltando 4 Ministros para votarem e se for necessário, um sétimo voto do presidente do TSE.

Convite I
O vereador Cleiton Camilo (PMDB) foi convidado pelo prefeito Fernando Vasconcelos (PMDB) para assumir o comando da Subsecretaria Regional de Educação que comanda a educação estadual na região.

Convite II
Cleiton gostou do convite e pediu um tempo para conversar com seus correligionários e familiares para dar uma resposta ao chefe do Poder Executivo.

Convite III
O prefeito tem sondado alguns dos seus aliados para preencher alguns cargos estaduais no município que deverão receber sua chancela e do deputado estadual Álvaro Guimarães (PR).

Convite IV
A ideia do prefeito é aliar capacidade técnica, profissional e política para os principais cargos, para promover o desenvolvimento e melhor desempenho nos órgãos públicos. Esse critério deverá ser aplicado na formação da nova equipe municipal a partir de 2015.

Burocracia I
Os contribuintes que tiverem que realizar serviços na Receita Estadual pode ter que viajar 150 quilômetros a mais. É que com as mudanças que o Governo Estadual está fazendo na estrutura administrativa a Delegacia Fiscal de Morrinhos, a qual Goiatuba está ligada deve mudar para Catalão, no Sudeste do Estado.

Burocracia II
Servidores da Delegacia Fiscal procuraram algumas entidades empresariais e esclareceram que se eles não quiserem as mudanças devem se mobilizar politicamente para não permitir a alteração.

Burocracia III
Caso se confirme a mudança da Delegacia Fiscal de Morrinhos para Catalão, os empresários da região devem solicitar a mudança de jurisdição para Itumbiara, que manterá sua delegacia.

Mudança I
O prefeito Fernando Vasconcelos deve mesmo deixar o PMDB em 2015. O motivo é o desgaste natural por não apoiar a candidatura de Íris Rezende ao Governo de Goiás e a declaração de apoio e aliança com Marconi Perillo (PSDB).

Mudança II
É dada como certa sua mudança para o Partido Republicano (PR), o convite foi feito pelo deputado Álvaro Guimarães e já recebeu as bênçãos da deputada Magda Mofatto que preside a sigla em Goiás.

Mudança III
Segundo alguns analistas da política goiatubense, a mudança acabaria com o desconforto a que o prefeito precisou viver durante o processo eleitoral e ampliará os laços da parceria com o governador Marconi Perillo.

ERRAMOS

Na edição passada a Coluna informou que os vereadores haviam aprovado Projeto de Lei que autorizava o Poder Executivo a contratar um empréstimo na modalidade ARO (Antecipação de Receita Orçamentária). Na verdade, os parlamentares haviam aprovado os pareceres das comissões permanentes e na sessão seguinte, quando votaram o Projeto de Lei, ele foi rejeitado pelos edis.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior