Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
De Olho Aberto -

De Olho Aberto

Goiatuba


Eleição I – Foi uma correria só no fim de semana e a segunda-feira (29), último prazo para que os partidos registrassem seus candidatos para a eleição do dia 1º de setembro.

Eleição II – Teve candidato que dormiu com chapa pronta e amanheceu sozinho; outro chegou até o final da tarde com vice que em cima da hora desistiu; quem criticou por meses virou membro da chapa e assim foram juntando-se os cacos.

Eleição III – Aliás, cacos não, retalhos, porque um salve-se quem puder que parecia que ninguém conseguiria formar uma chapa. Rejeição ou mudança de filosofia?

Eleição IV – Também foi um absurdo as ingerências das lideranças estaduais no processo municipal. Que sem conhecerem a realidade foram impondo de garganta abaixo seus interesses pessoais ou de grupo visando 2014.

Eleição V – Um vereador governista confidenciou à Coluna que por algumas vezes foi coagido durante a segunda-feira por lideranças estaduais, tudo em nome de um palanque no próximo ano.

Eleição VI – No final, a ameaça de seis candidatos caiu por terra e sobraram apenas 3 candidatos. O ex-prefeito Reinaldo Cândido (PSDB) fincou o pé e lançou sua esposa Márcia Helena Cândido que vai ter ao seu lado o ex-vereador Venilton Avelinar de Resende (PTB).

Eleição VII – O ex-vereador Fernando Vasconcelos (PMDB) chegou registrar sua chapa tendo como vice o advogado Vinicius Borges. Mas seguinte diálogo com o Democratas foi retomado e o acordo mantido, só que ao invés do vereador Antonially do Sindicato, quem ficou com a vaga de vice foi o empresário do setor de transportes, Elioenay Freitas.

Eleição VIII – Por outro lado, o prefeito interino Noroel Buzain (PSC) que tinha fechado um grande apoio em torno de sua candidatura, envolvendo diversos vereadores, terminou só. Terá ao seu lado, como vice, o Mikin da Garagem.

Eleição IX – Fernando realizou sua primeira reunião com correligionários e amigos na noite da última quarta-feira (31). Na oportunidade recebeu algumas adesões importantes oriundas da base que elegeu o ex-prefeito Reinaldo.

Sem Fundos I – Nos últimos dias de sua curta gestão o Reinaldo cometeu algo que há muito não se registrava na história do município. Emitiu cheques da prefeitura que foram devolvidos sem fundos.

Sem Fundos II – Uma fonte ligada ao Legislativo Municipal revelou que são pelo menos dois. Um de pouco mais de R$ 300 mil, o qual o ex-prefeito revelou nas emissoras de rádio que pagou o duodécimo de julho para a Câmara Municipal (só que o cheque voltou). O outro foi para uma empresa de material de construção no valor de pouco mais de R$ 50 mil.

Sem Fundos III – Por lei, a prefeitura é proibida de emitir cheques pré-datados e também sem o devido saldo na conta para pagá-lo. O gestor que assim o fizer pode sofrer duras sanções.

Dia 5 – Esse é o chamado dia “D” para o ex-prefeito Reinaldo Cândido que tenta voltar ao comando da prefeitura. Uma fonte ligada ao tucano revelou que ele acha que nesse dia consegue uma liminar que lhe devolva ao cargo de prefeito.

Preocupados I – Estão os servidores municipais que tiveram descontados de seus salários os valores referentes ao GoiatubaPrev e ao IAG e que a prefeitura não repassou os valores a esses institutos.

Preocupados II – Algumas lideranças já trabalham na busca de uma solução rápida para que esse recurso não fique parado sem beneficiar os servidores, seja nos atendimentos no setor de saúde ou na aposentadoria.

Preocupados III – É bom lembrar que o GoiatubaPrev foi criado na gestão do ex-prefeito Ayrton Alla (1989/1992), período em que o secretário de Administração da época era o mesmo da gestão que teve seu mandato interrompido pela Justiça Eleitoral.

Preocupados IV – A verdade é que desde sua criação, passando por outras gestões, o recurso sempre é retido na folha do servidor e em poucas vezes foi parar nas contas do instituto. Segundo uma fonte que pediu pra não ser identificada, a divida  da prefeitura com o GoiatubaPrev e IAG só neste ano é da ordem de R$ 3 milhões. Até quando isso vai acontecer?

Preocupados V – Poucos sabem, mas esta atitude é uma das mais graves que podem acontecer, contra os servidores, pois pode comprometer a aposentadoria deles, inclusive, quando denunciada, o gestor pode sofrer severa punição.

Panamá

Benefícios I – O prefeito Divino Alexandre e a 1ª dama e secretária de Saúde, Dona Deusa entregam hoje uma série de benefícios para a saúde. O objetivo é melhorar ainda mais a estrutura de atendimento, melhorando para servidores e usuários do sistema de saúde.

Benefícios II – A entrega acontecerá a partir das 13 horas no PSF 301, na região central da cidade e contará com a presença de toda equipe.

Benefícios III – Segundo Dona Deusa, toda equipe está voltada para oferecer um serviço que alcance o anseio da população, “trabalhamos de forma incansável para que todos tenham saúde de qualidade”.

Benefícios IV – Dona Deusa informou que nos próximos dias deve anunciar novos benefícios para o setor e o grande beneficiado será o usuário do sistema.

Buriti Alegre

Acelerado I – O prefeito Marco Aurélio (DEM) tem mantido o pé no acelerador e várias frentes de serviços. Tanto na cidade como na zona rural.

Acelerado II – A zona rural deve receber nos próximos meses a implantação de mata-burros e a recuperação de diversas pontes.

Acelerado III – Licitação para aquisição dessas estruturas já está sendo realizada no sentido de ganhar tempo, já que o período chuvoso não está tão distante.

Arremate

Vem aí mais um mês de barulho, os partidos devem colocar na próxima segunda-feira (5) suas estruturas de campanha nas ruas. O Ministério Público já está preparado para coibir qualquer tipo de abuso.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior