Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
De Olho Aberto -

De Olho Aberto

Goiatuba


Câmara I  – O período legislativo tinha tudo para ser muito tranquilo e passar por desapercebido, quase passou. Segundo informou o presidente da Casa, vereador Noroel Buzaim (PSC), “alguns até tentaram me demolir da ideia de falar, mas meu perfil não permitia ficar calado”.

Câmara II – Usando seu direito e até dever de pronunciar, o edil falou por quase uma hora, onde apresentou algumas informações do período em que ficou à frente da prefeitura e o que lá viu.

Câmara III – Noroel apresentou aos vereadores e público presente, diversas Notas Fiscais de aquisição e consumo de quase 175 mil litros de óleo diesel em apenas 46 dias, dando uma média de 4.000 litros dia. Isso sem contar os mais de 50 mil litros de gasolina.

Câmara IV – Segundo o vereador, “estou indignado, porque segundo o prefeito os veículos e máquinas estão todos sucateados e sem condição de serem usados, então como se gastou todo esse óleo diesel?”

Câmara V – Continuou, “Nos 11 dias em que estivemos na prefeitura colocamos todos para funcionar e trabalhar, inclusive retificamos o motor de um caminhão e com todas as máquinas e caminhões trabalhando gastamos apenas 990 litros por dia”, enfatizou.

Câmara VI – O presidente continuou com sua indignação ressaltando que o contrato feito para contratar 3 caminhões coletores de lixo e um reserva no valor de R$ 357 mil era suficiente para comprar 1 e ½ caminhão 0km e que um pouco de esforço compraria dois.

Câmara VII – Noroel também revelou que uma empresa foi contratada para assessorar o GoiatubaPrev por um valor 3 vezes maior do que o contrato anterior e a empresa ainda não goza de idoneidade junto aos órgão fiscalizadores. E para piorar a situação, a empresa prendeu os documentos do órgão.

Câmara VIII – Outro ponto destacado pelo vereador é o fato da contratação de uma cooperativa de transporte escolar de Catalão que recontratou os perueiros da cidade e a mesma recebeu da prefeitura quase R$ 300 mil e não pagou os profissionais.

Câmara IX – Para o presidente, “é um absurdo o que tem acontecido, é muita ingerência do Executivo que até hoje só mandou 2 Projetos de Lei para esta Casa, estamos falando de quase R$ 2,5 milhões contraditórios em menos de 3 meses, nossa cidade não aguenta mais ”, concluiu.

Câmara X – Com o Plenário cheio e muito barulho, o presidente da Casa pediu por diversas vezes que o público mantivesse a ordem, sendo que chegou ao ponto de que se não houvesse ordem decretaria a prisão de quem estivesse atrapalhando e pediria para esvaziar o Plenário.

Câmara XI – O vereador Arnaldo Salatiel (PP) solicitou ao seu colega Saulo Severo (PTB), líder do prefeito, que solicite do chefe do Executivo uma resposta quanto aos questionamentos sobre o consumo de combustível pela prefeitura. Saulo ressaltou que faria isso com a maior brevidade possível.

Audiência I – O ex-secretário de Educação e vereador, Prof. Wellington Carvalho, usou os microfones da Câmara para reclamar que não consegue agendar um encontro com a atual secretária, Sirlene Teixeira.

Audiência II – A secretária que estava no Plenário ouviu do presidente da Casa, pedido para que ela fizesse como seu colega, Moisés Divino Pires (Administração e FESG), que tem recebido os vereadores e muito bem.

Buracos – A prefeitura tenta desenvolver uma operação tapa-buracos, mas a população está achando ela muito tímida.

Fora I – O professor Ataulfo Marques não quis voltar ao comando da FESG após sua exoneração pelo prefeito interino Noroel Buzaim. Moisés Divino Pires responde interinamente pelo cargo.

Fora II – Assim como professor Ataulfo, muitos não deverão voltar a fazer parte da equipe do prefeito reempossado Reinaldo Cândido da Silva (PSDB). Apenas o motivo que muda, economia e ajustes naturais para fazer o governo deslanchar.

Fora III – Muitos dos “dispensados” têm ido para as repartições com o objetivo de marcar presença, ocupar lugar, mas poucos devem ser reconduzidos. Veremos!

Indicações I – O vereador Cleiton Camilo (PMDB) apresentou várias indicações solicitando ao Poder Executivo providencias em diversos setores, como saúde, educação e esporte.

Indicações II – Em uma Indicação solicitou que seja implantado 10 UTIs no Hospital Municipal para atender Goiatuba e cidades vizinhas. Pediu o asfaltamento do Jardim Santa Paula, reforma das quadras dos setores Serra Dourada (parceria com vereador Antonially) e Buriti Park, Parque Imperial.

Indicações III – Cleiton pediu também que o setor de emergências do Hospital Municipal seja reestruturado, inclusive com a compra de equipamentos de intubação e desfibrilador para atender os pacientes mais graves.

Aloândia

Exemplo I – É o que dão o prefeito Sinomar “Galo” (PMDB) e o ex-prefeito Cássio Vieira Sampaio (PSDB). Domingo os dois participaram do primeiro encontro de Mountain Bike da cidade e conversaram e mostraram cordialidade e respeito mútuo.

Exemplo II – Os dois líderes políticos mostram que é possível ser adversários políticos sem serem inimigos, com isso, ganha a população e todos os grupos políticos.

Buriti Alegre

Inauguração I – O odontólogo Paulo César Longo recebe hoje, 5, a partir das 20h, seus convidados para comemorar as novas instalações de sua clinica odontológica, agora em sede própria.

Inauguração II – O evento acontecerá na própria clinica, que fica na Avenida José Messias Ferreira, 1.493, na região central da cidade.

Inauguração III – Dr. Paulo que é paulista, acreditou na cidade, constituiu família em Buriti Alegre e após o nascimento de sua primeira filha (fruto do casamento com Andra Zago) agora tem mais um motivo para comemorar. O atendimento ao público no novo endereço começa na próxima segunda-feira, 8.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior