Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
De Olho Aberto -

De Olho Aberto

Goiatuba

Eleição I – O deputado estadual Henrique Arantes (PTB) esteve ontem à noite na cidade para se reunir com correligionários e delinear alguns passos sobre o processo sucessório extemporâneo.

Eleição II – O parlamentar pretende que o partido tenha candidato próprio, como nas eleições de 1996 e 2000, onde o partido sagrou-se vitorioso elegendo Hermes Traldi e Godofredo Jerônimo.

Eleição III – A preferência do parlamentar é pública e notória – vereador Saulo Severo, com quem tem afinidade e na avaliação do parlamentar representa um rejuvenescimento do partido no município, como já está ocorrendo em outras regiões.

Eleição IV – Todavia, apesar da preferência do parlamentar, O PTB conta ainda com os pré-candidatos Venilton e Nelson Castilho e segundo o próprio Henrique, “nenhuma possibilidade será descartada até o último prazo legal”.

Eleição V – O que é certo até agora é que ou o PTB tem candidato próprio ou fará aliança com o pré-candidato Noroel Buzain ou Márcia Cândido.

Eleição VI – Enquanto o PTB se reúne de um lado, os demais partidos também se reúnem do outro. O DEM esboçou a possibilidade de uma dobradinha Antonially e Luzine, querendo também ter sua própria candidatura, ao invés de se aliar.

Eleição VII – Zé Artur, assessor do senador Wilder Morais e um dos líderes do partido em Goiatuba e no Diretório Regional, revelou que “apesar do curto espaço de tempo para planejar qualquer ação, o DEM usará todo o tempo possível para não decidir pela opção errada”.

Eleição VIII – Zé Artur enfatizou que o partido possui bons nomes tanto para cabeça de chapa, como para compor com outros partidos e que a escolha será coletiva e jamais pessoal.

Eleição IX – Por outro lado, o prefeito interino Noroel segue conversando com todos, inclusive os que em 2012 eram seus opositores, “o momento é outro e se tiver oportunidade, quero trabalhar pela cidade que amo”, enfatizou.

Eleição X – Fernando Vasconcelos que aparentemente está quieto, só parece. O ex-vereador tem participado de inúmeras reuniões, onde já recebeu o apoio de diversas pessoas e algumas lideranças, inclusive que apoiaram o ex-prefeito Reinaldo Cândido.

Eleição XI – O empresário Guilherme Pontieri (PP) teria pedido a um amigo peemedebista que solicitasse a Fernando Vasconcelos que se afastasse do processo eleitoral para que Alaer Marques (PMDB) e ele (Guilherme) pudessem encabeçar uma chapa, a ordem de quem seria prefeito ou vice independeria.

Eleição XII – O pedido de Guilherme não foi atendido pelo amigo que alegou não ter condição de propor tal condição ao principal candidato do partido no momento.

Eleição XIII – O vereador Donizete Carolla (PSC), ao que parece é o único eleito pela Coligação que apoiou Fernando Vasconcelos a defendê-lo nesse momento crucial, onde serão escolhidos os candidatos para o próximo pleito.

Eleição XIV – Para o Carolla, o prefeito interino Noroel Buzain precisa apresentar para a sociedade a real situação que ele pegou à prefeitura e a dívida construída pelo ex-prefeito Reinaldo Cândido em apenas 6 meses de governo, sob pena de ser chamado de omisso.

Eleição XV  – O vereador que é conhecido por falar o que sabe e o que pensa, tem revelado que a dívida preliminar é da ordem de R$ 6,5 milhões. E que R$ 3 milhões devem ser denunciados urgentemente ao Ministério Público como crime, porque reteve da folha de pagamento dos servidores e não repassou ao GoiatubaPrev, ao IAG e aos bancos (consignados), o que se provado, configura apropriação indébita.

Panamá

Planejamento I – O prefeito Divino Alexandre (PMDB) que também preside a Federação Goiana dos Municípios trabalhou duro esta semana em prol de seus colegas.

Planejamento II – Primeiro, acompanhou cerca de 30 prefeitos em uma reunião de prospecção na Embaixada de Israel no Brasil, onde seus pares puderam apresentar as potencialidades de seus municípios para futuras parcerias de cooperação e negócios.

Planejamento III – Depois, junto com sua equipe, deu o startup para criar o Planejamento Estratégico da Federação, a qual passará a ter objetivos ainda mais bem definidos em prol de seus federados, além de melhorar a produtividade.

Planejamento IV – Segundo Divino Alexandre, “ao construirmos o Planejamento Estratégico da FGM estaremos melhorando consideravelmente seu potencial, isso será notado futuramente por nossos municípios que terão uma entidade forte e com Missão e Visão municipalistas”.

Agronegócio I – A Coperpan se prepara para mais um grande evento. A data será 31 de agosto, conforme revelou o presidente da Cooperativa, Rene da Motta.

Agronegócio II – O evento servirá para reunir os mais de 100 cooperados para confraternizar e comemorar os resultados já alcançados.

Agronegócio III – A Coperpan está construindo sua loja própria, a qual dará mais comodidade ao cooperado, além de ampliar as opções de oferta de produtos agropecuários. A previsão de inauguração é dezembro de 2013.

Agronegócio IV – A direção da cooperativa trabalha junto ao Sicoob para abertura de uma agência bancária da instituição no município. O benefício será economia de tempo, além dos programas Pronaf, FCO e Cartão BNDES.

Agronegócio V – Atualmente, a Cooperpan recebe e comercializa cerca de 650 mil litros de leite/mês e tem faturamento estimado para 2013 de R$ 6 milhões, dinheiro que está fomentando o desenvolvimento socioeconômico do município.

Buriti Alegre

Indiscreto I – O ex-prefeito João Alfredo (PT) recepcionou dias atrás o deputado federal Rubens Otoni (PT) quando o partido promoveu uma reunião para discutir os rumos de 2014.

Indiscreto II – Na oportunidade, João Alfredo apresentou ao deputado algumas obras iniciadas por ele e que estavam paradas há mais de 5 anos e foram concluídas só agora por seu sucessor Marco Aurélio (DEM).

Indiscreto III – Segundo uma fonte ligada ao partido, o ex-prefeito só esqueceu de revelar ao deputado que foi seu sucessor que as terminou e que a prefeitura na atual administração precisou colocar mais dinheiro (do município) nas obras, por não terem sido realizadas na época certa.

Auditoria I – A empresa que está auditando as contas da gestão anterior deve terminar o serviço nos próximos dias. Alguns resultados devem contrariar a gestão petista.

Auditoria II – Relatório sobre a situação do BuritiPrev foi entregue ao Ministério Público para apurar possíveis irregularidades no Instituto de Previdência dos Servidores.

Auditoria III – Uma fonte ligada ao Paço Municipal revelou à Coluna que até extratos bancários são divergentes. Agora é só aguardar as investigações do MP.

Transtorno - O prefeito Marco Aurélio revelou que tem ouvido o clamor dos buritialegrenses pelos transtornos gerados pela perfuração das ruas onde está sendo construída a rede coletora de esgoto. O prefeito pede paciência à população e ressalta: “os transtornos são passageiros, os benefícios são permanentes”.

Arremate

A Associação Empresarial de Goiatuba (ASSEG) e a Câmara de Dirigentes Lojistas de Goiatuba (CDL), que congregam e representam as empresas goiatubenses esperam que o próximo prefeito se reúna com as entidades para debater projetos que levem o município a retomar o desenvolvimento. A dica tá dada.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior