Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Esporte -

Bastidores do Esporte

Bastidores do Esporte


Nilton Viturino

Desconforto – É o que a derrota do Las Palmas  para o Cruzeiro tem rendido até hoje. As mudanças feitas foram maléficas para a equipe, com Lobó, Whesley, Cilton Dias e outros não conseguindo mostrar o mesmo futebol dos jogos anteriores.

Desconforto – O técnico Leandro Talento fez um excelente trabalho no crescimento da equipe, mas na hora decisiva (semifinais) desandou. O técnico errou ou a equipe treme?

Demora – Do Cruzeiro (vice-campeão da Copa Boquita) em conseguir o “onze” certo dentro de campo pode ter sido o maior problema para a equipe. Além disso, foram tantas contusões, suspensões que o técnico Gilberto não teve condição de ajustar o time, que cometeu alguns tropeços e perdeu o título.

Sacrifício – Rogério Vermim jogou contundido a exemplo de mais dois atletas. Cigano, zagueirão, suspenso ficou fora. Aí é muita areia pro caminhãozinho do Gilberto.

Quase – A Levis TNG por pouco não chegou lá. A inexperiência da molecada foi fator decisivo para a derrota diante do Colorado (semifinal). Também jogadores importantes ficaram fora. Mas, valeu pela coragem e luta dessa meninada. Na verdade, essa foi a equipe que mais revelou jogadores. Exemplo: Virtinho, Lucas Silva, Felipe Júnior, Itagiba e outros. Valeu a pena!

Impossível – Foi Boquita esconder seu nervosismo durante as homenagens que recebeu antes da partida. Segundo o próprio, teve que tomar remédio para aguentar o tranco. Mas valeu amigo, afinal, você merecia muito mais pelo que já produziu pelo futebol amador.

Família – A esposa Ana Maria, as netas, os filhos Dayon (campeão), Dângelo (vice), Djan (vice – diretor, e o neto Renan jogando, estiveram o tempo todo do lado apoiando e satisfeitos com a festa. Parabéns e saúde amigo!

Parabéns – Ao secretário André Luiz e o diretor de esportes Wilton Carvalho e toda equipe do CEMEL por mais esta bela competição que como sempre ficou muito bem organizada.

Presentes – Ilustres e desconhecidos fizeram parte da torcida que compareceu em grande número ao Divino para o jogo da final da Copa Boquita.

Presentes – entre eles estavam o prefeito Saburo Hayasaki (Buró) e o secretário de administração Rubens Pereira (Rubão).

Presentes – Rubão que não é muito de falar em rádio conversou com os ouvintes da Sempre AM e de nossa Cabine acompanhou toda programação.

Presentes – Também é preciso agradecer o pessoal da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, equipe da Saúde e da arbitragem, o Carlinhos flamenguista, o Chiquinho (bambi) são-paulino que ajudaram muito na organização da competição.

2? Divisão – Finalmente vai começar o campeonato da divisão de acesso. Serão 10 equipes disputando o título. Inicio previsto para 15 de setembro. Paralelo, mais uma edição do campeonato de e sênior.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior