Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Interior Mulher -

Remédios para emagrecer

 

Remédios para emagrecer

 


A diferença entre um químico, como a Sibutramina, ou um fitoterápico, como o Maxburn.

O mercado nunca apresentou tantas ofertas no segmento de remédios para emagrecer quanto hoje.  São muitas pessoas que pensam em substituir o sofrimento de uma dieta, a força de vontade necessária para uma reeducação ou, ainda, a disciplina rigorosa que precisa ter para manter uma rotina de exercícios físicos para perder alguns quilinhos, por pílulas com hora marcada.

A tentação de experimentar um remédio para emagrecer sem esforço é grande. Mas até que ponto o remédio pode resolver todo o problema e poupá-la da parte difícil de emagrecer? Como eles funcionam no seu organismo e como podem ajudar você?

O remédio para emagrecer sempre age como um catalisador. Ele vai influenciar os resultados, fazendo-os chegarem de maneira muito mais rápida na balança. Mas utilizá-lo como única providência para emagrecer pode ser um risco à sua saúde.

Primeiramente, porque anfetaminas e sibutramina – componentes químicos mais usados por aquelas que buscam esse caminho – fazem mal ao coração, agem diretamente no sistema nervoso central, podem causar dependência, dores de cabeça, insônia e muitos outros efeitos colaterais. Caso você seja sedentária e resolva fazer uso de algum deles, deve redobrar os cuidados com a saúde, melhorar a sua condição cardiovascular. Para tanto, procure fazer exercícios aeróbicos, como caminhadas leves, por exemplo, aumentando o ritmo com o passar do tempo, progredindo para caminhadas mais longas ou corrida. Nunca, porém, você deve fazer uso de algum desses remédios ou começar uma prática de exercícios sem passar pela consulta de um médico especializado.

Existe outra categoria de compostos para emagrecer, que usa apenas ingredientes naturais para auxiliar a perda de peso. São os fitoterápicos. E um dos que tem ganhado bastante espaço na mídia brasileira é o Maxburn – uma mistura de quitosana, com chá verde, fibras e substâncias naturais que inibem a síntese de parte dos carboidratos ingeridos. Uma proposta inteligente para quem procura diminuir as medidas.

O próprio produto acompanha um Programa de Administração de Peso para auxiliar o cliente a conseguir os resultados desejados. É interessante ver um produto para emagrecimento que, em vez de fazer promessas para seduzir os que querem perder peso sem esforço, busca informar o cliente sobre como cuidar de sua saúde. É com essa estratégia de comunicação que o Maxburn vem ganhando bastante espaço no mercado brasileiro.

Enfim, opções não faltam para aquelas que pretendem encarar a luta com a balança. Tenha sempre em mente de que essa tentativa de manipular o metabolismo e o desenvolvimento do seu corpo deve sempre ser supervisionada por um médico. Caso você tenha interesse em acelerar os efeitos do seu programa, consulte-o sobre a possibilidade do uso de fitoterápicos ao invés de substâncias químicas.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior