Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Saúde -

Goiatuba: Saúde vai multar criadouro de dengue

A Secretaria Municipal de Saúde através de suas equipes de Endemias e Agentes de Saúde está promovendo um verdadeiro mutirão para orientar e alertar as pessoas de como eliminar de seus quintais e casas a possibilidade de reprodução do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue e da Febre Chikungunya. O esforço está demandando muito trabalho de todos os profissionais envolvidos e investimento em material de divulgação e publicidade para evitar que a cidade enfrente outro surto como no período chuvoso 2014/2015, onde milhares de pessoas contraíram a doença e três pessoas morreram com a dengue.

Segundo o secretário de Saúde, João Batista Borges, o Joãozinho do Foto, o trabalho segue a recomendação do prefeito Fernando Vasconcelos e a orientação do Ministério Público que tem sido parceiro da Secretaria nesse embate.

Joãozinho revelou que a primeira fase do trabalho, conforme orientação do Ministério Público, foi toda educativa e as notificações tiveram caráter preventivo para que todos pudessem se adequar à Lei Municipal 2.848/2014, de 29 de agosto de 2014, que prevê multa de 300, 500 e 700 UFMGO’s (Unidade Fiscal do Município de Goiatuba), que vale R$ 2,7770 cada, o que representa R$ 1.943,90 no índice mais alto para quem manter em seu imóvel ambiente para que o mosquito se reproduza.

Na segunda fase, o secretário ressalta que, caso as equipes encontrem focos do mosquito, a notificação será de multa e o exemplo está sendo dado em casa, “fiscalizamos todos os prédios públicos e os que apresentavam problemas foram notificados e caso não se adequem dentro do prazo previsto e conforme o auto de notificação serão multados, assim como qualquer outra empresa ou cidadão comum. A lei é muito clara e o Ministério Público está cobrando posição do poder público contra a dengue e a Secretaria de Saúde, assim como as demais vão fazer a parte delas, a população também precisa fazer sua parte”, concluiu.

Para auxiliar as equipes e economizar recursos, a Secretaria equipou um veículo Kombi com equipamentos de som que é utilizada no setor onde as equipes estão trabalhando.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior