Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Noticias do Campo -

Caramuru: Soja Convencional, uma opção rentável

Soja Convencional, uma opção rentável


A Caramuru Ali-mentos S.A é uma empresa 100% nacional e atua na produção de alimentos derivados da Soja, Milho, Girassol e Crambe.


Com o advento da biotecnologia ela percebeu como oportunidade de negócio a diferenciação e a agregação de valor na cultura da soja, atra-vés da segregação e processa-mento de soja não transgê-nica.


O principal objetivo é atender o mercado de farelo e lecitina, principal-mente na Europa que hoje são os maiores compra-dores destes produtos. Ressalta-se ainda que, a empresa não é contra a biotecnologia, mas tem dado preferência pela soja não transgênica.


É uma grande oportunidade não só pa-ra a empresa, mas para os produtores, porque dependendo do ano, tem-se condições de oferecer prêmios, ou seja, mais dinheiro no bolso do pro-dutor. Relativo aos custos de produção, hoje são equivalentes e em relação à produtividade na maioria dos casos são equivalentes também, porém em muitos casos a receita líquida por hectare da soja não transgênica é maior por causa dos prêmios pagos ao produtor. Lembrando que na soja transgênica o produtor tem de pagar os roylties.


Para a empresa, o produtor brasileiro deve continuar plantando soja convencional, porque senão podeira perder a identidade genética e com certeza ficar dependentes de uma única tecnologia, o que não é bom para o país. Por outro lado, este mercado tem de ser organizado e valorizado no sentido de: continuidade da pesquisa, desenvolvimento de no-vas variedades, novos produtos para controle de plantas daninhas, ou se-ja, organização de toda a cadeia produtiva da soja. Produtor na hora do seu planejamento não deixe de procurar a Caramuru para ver propostas de negócio para a próxima safra.


Produtores conhecem experimento de soja convencional



Produtores recebem informações sobre mercado de soja convencional



Alunos do IFET conhecem como funciona mercado de soja

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior