Goiás Interior - A notícia como ela é !
×
Política -

PP surpreende e forma grupo forte


Guilherme Pontieri

PP surpreende e forma grupo forte

O Partido Progressista – PP surpreendeu aliados e opositores ao saiu na frente e criar um verdadeiro “chapão” para disputar a sucessão do prefeito Marcelo Coelho (PMDB). O partido resolveu ousar e apostar várias fichas de uma única vez e reuniu em uma sua sigla pelo menos 4 dos 7 pré-candidatos ligados aos partidos aliados ao Governo Estadual.

A formação do “chapão” aconteceu na última segunda-feira, 26, quando durante uma reunião envolvendo diversas lideranças políticas e classistas, entre elas os pré-candidatos Guilherme Pontieri, Ronaldo Salatiel (PP), Reinaldo Cândido (PSDB), Sieber Buzain, Valter Andrade, os ex-vereadores Vardim, Zezinho Vieira (PMN), os vereadores Izaías Pirett (PP) e Lair Mendonça que está deixando o PMDB.

Também participaram da reunião o radialista Fernando M, o ex-secretário de Saúde Noroel Buzain e Marcinho.

Ao final da reunião, Guilherme, Valter, Jubes, Vardim e Marcinho além de outras pessoas assinaram a ficha de filiação ao PP. Zezinho Vieira que preside o PMN afirmou que providenciaria sua desfiliação do partido para também acompanhar o grupo.

 


Valter Andrade


Ronaldo Salatiel


Sieber Buzain

Grupo pretende construir aliança

O objetivo do grupo e construir uma aliança ampla para disputar as eleições de 2012 em condições de conquistar o governo municipal e fazer a maioria na Câmara de Vereadores. Para isto, pretende contar com o DEM que agora conta com o ex-prefeito Hermes Traldi e o ex-presidente do Sindicato Rural Bartolomeu Braz Pereira, o Tim, o PTB do vereador Venilton Resende e Nelson Castilho, PSDB de Reinaldo Cândido e diversas siglas que também serão convidadas para compor o projeto.

 


Lair Mendonça

Lair Mendonça irá para o PSD ou PPL

 Sem espaço no PMDB, não restou ao vereador Lair da Silva (foto) alternativa se não a de buscar novo espaço em uma sigla nova, o que não lhe puniria com a perda de mandato em virtude da “Lei da Fidelidade”.

No entanto, a decisão do parlamentar só deve acontecer no meio da semana que vem, quando o Superior Tribunal Eleitoral deve apreciar o pedido de criação do PPL. Após esta decisão, Lair Mendonça decidirá se irá para a nova sigla ou para o PSD que teve sua criação aprovada esta semana.

Edições Anteriores
Acesse as edições anteriores do Goiás Interior